Avatar do usuário
Por danini
Quantidade de postagens
#117903
O preconceito linguístico é resultante comparação inoportuna de um modelo ideal de fala, que se vê na gramática e/ou em meios de comunicação onde se usa a linguagem formal, com o modo de fala rotineiro das pessoas, onde se encontra a linguagem informal e suas variações linguísticas. No Brasil é notória a propagação dessa prática preconceituosa de diversas maneiras, seja por classe social ou por regionalidade. Desse modo, é possível observar os principais fatores dessa problemática, sendo eles o preconceito socioeconômico e o regional.
Para o escritor, George Orwell "Somos todos iguais, mas alguns são mais iguais do que outros". Nesse contexto, pode-se comparar com a realidade brasileira, a respeito do preconceito, que é proferido a quem vive nas camadas mais baixas da sociedade. As pessoas com menor poder aquisitivo, acabam por frequentar lugares menos sofisticados, portanto, não se veem na necessidade de recorrer à norma culta, o que acaba distanciando esses indivíduos de pessoas de classes mais altas.
Ademais, a regionalidade também é usada como uma forma de criticar os diversos componentes do modo de fala de alguém, como as expressões, gírias e até mesmo o sotaque da pessoa. Além disso, a questão regional está de certa forma ligada com a socioeconômica, já que muitas das vezes esse preconceito vem das regiões grandes economicamente como, por exemplo, sul e sudeste que há um tipo de aversão quanto ao modo de fala e suas expressões linguísticas de outras regiões que são mais pobres, como o norte e nordeste.
Torna-se evidente, portanto, que o preconceito regional e as diferenças econômicas favorecem a propagação do preconceito linguístico no Brasil. Desta maneira, são necessárias que medidas sejam tomadas para combater essa problemática. Sendo assim, as instituições de ensino devem incentivar a discussão sobre o preconceito linguístico e suas causas, por meio de debates com seus alunos, a fim de amenizar a propagação dessa prática e moldar um caminho para uma melhora social.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por danini
Quantidade de postagens
#117906
@laridfdr, @francis @admredacaonota1000
0
Avatar do usuário
Por danini
Quantidade de postagens
#117909
@Felipe082 @OlrenBeat
0
Avatar do usuário
Por Casey12
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#118110
danini escreveu:O preconceito linguístico é resultante comparação inoportuna de um modelo ideal de fala, que se vê na gramática e/ou em meios de comunicação onde se usa a linguagem formal, com o modo de fala rotineiro das pessoas, onde se encontra a linguagem informal e suas variações linguísticas. No Brasil é notória a propagação dessa prática preconceituosa de diversas maneiras, seja por classe social ou por regionalidade. Desse modo, é possível observar os principais fatores dessa problemática, sendo eles o preconceito socioeconômico e o regional.
Para o escritor, George Orwell "Somos todos iguais, mas alguns são mais iguais do que outros". Nesse contexto, pode-se comparar com a realidade brasileira, a respeito do preconceito, que é proferido a quem vive nas camadas mais baixas da sociedade. As pessoas com menor poder aquisitivo, acabam por frequentar lugares menos sofisticados, portanto, não se veem na necessidade de recorrer à norma culta, o que acaba distanciando esses indivíduos de pessoas de classes mais altas.
Ademais, a regionalidade também é usada como uma forma de criticar os diversos componentes do modo de fala de alguém, como as expressões, gírias e até mesmo o sotaque da pessoa. Além disso, a questão regional está de certa forma ligada com a socioeconômica, já que muitas das vezes esse preconceito vem das regiões grandes economicamente como, por exemplo, sul e sudeste que há um tipo de aversão quanto ao modo de fala e suas expressões linguísticas de outras regiões que são mais pobres, como o norte e nordeste.
Torna-se evidente, portanto, que o preconceito regional e as diferenças econômicas favorecem a propagação do preconceito linguístico no Brasil. Desta maneira, são necessárias que medidas sejam tomadas para combater essa problemática. Sendo assim, as instituições de ensino devem incentivar a discussão sobre o preconceito linguístico e suas causas, por meio de debates com seus alunos, a fim de amenizar a propagação dessa prática e moldar um caminho para uma melhora social.

Redação muito boa 💕 só precisa se atenta com o uso de conectivos, ja que em alguns momentos do texto deixou de usar e portanto permanece em 120 pontos e na competência 1 só deve alguns desvios e pontuação desnecessária. Espero ter ajudado e bons estudos 💕
1
Avatar do usuário
Por cozmicvp
Quantidade de postagens
#118679
Casey12 escreveu:
danini escreveu:O preconceito linguístico é resultante comparação inoportuna de um modelo ideal de fala, que se vê na gramática e/ou em meios de comunicação onde se usa a linguagem formal, com o modo de fala rotineiro das pessoas, onde se encontra a linguagem informal e suas variações linguísticas. No Brasil é notória a propagação dessa prática preconceituosa de diversas maneiras, seja por classe social ou por regionalidade. Desse modo, é possível observar os principais fatores dessa problemática, sendo eles o preconceito socioeconômico e o regional.
Para o escritor, George Orwell "Somos todos iguais, mas alguns são mais iguais do que outros". Nesse contexto, pode-se comparar com a realidade brasileira, a respeito do preconceito, que é proferido a quem vive nas camadas mais baixas da sociedade. As pessoas com menor poder aquisitivo, acabam por frequentar lugares menos sofisticados, portanto, não se veem na necessidade de recorrer à norma culta, o que acaba distanciando esses indivíduos de pessoas de classes mais altas.
Ademais, a regionalidade também é usada como uma forma de criticar os diversos componentes do modo de fala de alguém, como as expressões, gírias e até mesmo o sotaque da pessoa. Além disso, a questão regional está de certa forma ligada com a socioeconômica, já que muitas das vezes esse preconceito vem das regiões grandes economicamente como, por exemplo, sul e sudeste que há um tipo de aversão quanto ao modo de fala e suas expressões linguísticas de outras regiões que são mais pobres, como o norte e nordeste.
Torna-se evidente, portanto, que o preconceito regional e as diferenças econômicas favorecem a propagação do preconceito linguístico no Brasil. Desta maneira, são necessárias que medidas sejam tomadas para combater essa problemática. Sendo assim, as instituições de ensino devem incentivar a discussão sobre o preconceito linguístico e suas causas, por meio de debates com seus alunos, a fim de amenizar a propagação dessa prática e moldar um caminho para uma melhora social.

Redação muito boa 💕 só precisa se atenta com o uso de conectivos, ja que em alguns momentos do texto deixou de usar e portanto permanece em 120 pontos e na competência 1 só deve alguns desvios e pontuação desnecessária. Espero ter ajudado e bons estudos 💕
Muito obrigadaa 💗
1
Avatar do usuário
Por cozmicvp
Quantidade de postagens
#118680
cozmicvp escreveu:
Casey12 escreveu:
danini escreveu:O preconceito linguístico é resultante comparação inoportuna de um modelo ideal de fala, que se vê na gramática e/ou em meios de comunicação onde se usa a linguagem formal, com o modo de fala rotineiro das pessoas, onde se encontra a linguagem informal e suas variações linguísticas. No Brasil é notória a propagação dessa prática preconceituosa de diversas maneiras, seja por classe social ou por regionalidade. Desse modo, é possível observar os principais fatores dessa problemática, sendo eles o preconceito socioeconômico e o regional.
Para o escritor, George Orwell "Somos todos iguais, mas alguns são mais iguais do que outros". Nesse contexto, pode-se comparar com a realidade brasileira, a respeito do preconceito, que é proferido a quem vive nas camadas mais baixas da sociedade. As pessoas com menor poder aquisitivo, acabam por frequentar lugares menos sofisticados, portanto, não se veem na necessidade de recorrer à norma culta, o que acaba distanciando esses indivíduos de pessoas de classes mais altas.
Ademais, a regionalidade também é usada como uma forma de criticar os diversos componentes do modo de fala de alguém, como as expressões, gírias e até mesmo o sotaque da pessoa. Além disso, a questão regional está de certa forma ligada com a socioeconômica, já que muitas das vezes esse preconceito vem das regiões grandes economicamente como, por exemplo, sul e sudeste que há um tipo de aversão quanto ao modo de fala e suas expressões linguísticas de outras regiões que são mais pobres, como o norte e nordeste.
Torna-se evidente, portanto, que o preconceito regional e as diferenças econômicas favorecem a propagação do preconceito linguístico no Brasil. Desta maneira, são necessárias que medidas sejam tomadas para combater essa problemática. Sendo assim, as instituições de ensino devem incentivar a discussão sobre o preconceito linguístico e suas causas, por meio de debates com seus alunos, a fim de amenizar a propagação dessa prática e moldar um caminho para uma melhora social.

Redação muito boa 💕 só precisa se atenta com o uso de conectivos, ja que em alguns momentos do texto deixou de usar e portanto permanece em 120 pontos e na competência 1 só deve alguns desvios e pontuação desnecessária. Espero ter ajudado e bons estudos 💕
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
82 Exibições
por Caiunao
0 Respostas 
34 Exibições
por kelykarine
0 Respostas 
83 Exibições
por FernandaFR
2 Respostas 
98 Exibições
por Kemuel123
1 Respostas 
113 Exibições
por Annaceci09
0 Respostas 
46 Exibições
por josemirand
0 Respostas 
48 Exibições
por najulhia5
0 Respostas 
69 Exibições
por Elizama08
0 Respostas 
49 Exibições
por stevnwz
0 Respostas 
44 Exibições
por layane46633
Enem 2023

A Constituição Federal de 1988, infl[…]

É comum vermos comerciais direcionados ao p[…]

As redes sociais podem ser usadas tanto para as co[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM