Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#50989
A Aids é uma doença causada pelo vírus HIV (sigla em inglês para vírus da imunodeficiência humana), que compromete o funcionamento do sistema imunológico, impedindo-o de proteger o organismo contra agressões externas e contra células cancerígenas. A falta de conscientização da juventude contemporânea sobre a doença é um grande desafio, fazendo com que o seu diagnóstico e tratamento sejam evitados, consequentemente causando um aumento no número de infecções devido ao longo tempo de incubação do vírus.
No início da epidemia, nos anos 1980, a Aids era uma doença extremamente estigmatizada, geralmente sendo atribuída somente a homens homossexuais. Atualmente, além da distribuição de preservativos e dos testes de HIV, a profilaxia pré-exposição para pacientes em grupos de risco também é acessível através do SUS. Entretanto, estes estigmas ainda permeiam a sociedade atual, o que resulta em um medo de julgamento em relação aos testes de infecções sexualmente transmitidas em geral.
Além disso, a maioria dos jovens brasileiros não recebem a educação necessária sobre o assunto. Segundo uma pesquisa da Universidade Estadual Paulista (Unesp), menos de 20% das escolas públicas brasileiras têm projetos consistentes de educação sexual para crianças e adolescentes. Essa lacuna no currículo escolar resulta no aumento do número de infecções entre jovens, que normalmente também não são orientados pelos seus pais ou responsáveis.
Portanto, é necessário que o Estado tome medidas para prevenir a Aids entre jovens. O Ministério da Educação (MEC) deve criar campanhas que incentivem a educação sexual nas escolas, por meio da formação dos professores do ensino básico, e tornando-a parte da Base Nacional Comum Curricular, garantindo o seu ensino em todo o país. Somente assim, os jovens serão conscientizados não só sobre os riscos da doença, mas também sobre como preveni-la.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

No desenvolvimento, tenha cuidado ao usar as aspas[…]

A constituição Federal de 1988, docu[…]

GlendaMorais , poderia dar uma olhada? Agrade&cc[…]

A constituição de 1988 documento jur[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM