Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#50408
Estar na escola é um direito de toda criança desde o seu nascimento. Este direito é assegurado no ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente, e também registrado na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). A educação básica em nosso País atende crianças de 0 a 5 anos, onde na primeira fase de desenvolvimento, são atendidas em creches ou instituições equivalentes.

De acordo com o o último Censo escolar de 2019, houve um aumento de 4,4% nas matrículas de crianças de 0 a 3 anos em creches públicas no Brasil. Também houve um aumento significativo no número de crianças matriculadas em creches particulares, onde o número chegou a 5,1% em relação a 2018. De 2015 a 2019 esse crescimento chegou a 16,8% em todo o País.

Apesar do avanço, o índice ainda está distante da meta do Plano Nacional de Educação - PNE, que se trata de uma série de Diretrizes e estratégias para a política educacional brasileira a ser implementada entre 2014 e 2024. Para obter os resultados esperados, ainda é preciso que pelo menos 50% dos alunos nessa faixa etária estejam matriculados, o que significa que em 5 anos, o índice precisa subir mais de 14 pontos percentuais.

Um dos obstáculos é a oferta de vagas ainda baixa, principalmente em regiões mais pobres. No Norte, o número de crianças de 0 a 3 anos matriculadas é bem inferior à média nacional. O maior percentual foi registrado no Sul, onde 43,3% das crianças estão em creches. No Nordeste, esse número é de 31,3%; no Sudeste, 42,4% e no Centro-oeste, 28,2%.

Além da importância das crianças estarem em creches está relacionada ao desenvolvimento motor e intelectual, há também um papel fundamental em questão do retorno das mulheres ao mercado de trabalho. Se elas não conseguem vagas para seus filhos, é comum que a mãe abandone o emprego para cuidar da criança.

Para promover esse acesso mais rápido, é necessário que as Secratarias de Educação municipais, que são as responsáveis pela educação básica, potencializem a infraestrutura das instituições de ensino, a fim de ampliar o ingresso das crianças na educação básica. Além disso, é importante que o investimento na abertura de novas creches ocorra, para que com isso, mais oportunidades surjam, especialmente em localidades precárias, como as periferias, onde a potencialização do desenvolvimento cognitivo ainda é baixo. Ademais, manter as instituições abertas em período de férias escolares também é essencial para que mães e responsáveis possam continuar a ter um local onde deixar os pequenos enquanto estão trabalhando. Programas sociais que incentivem o acesso à essas creches também é uma alternativa interessante para que a população compreenda a necessidade de uma criança acessar a educação básica na idade correta.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

De acordo com a Constituição Federal[…]

A constituição federal de 1988, conv[…]

Promulgada pela ONU em 1948, a Declaraç&ati[…]

wagner123 , hehe, entendo Wagner, muito obgdaaa![…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM