Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#37759
A constituição de 1988 traz a saúde como um direito e um dever do estado. No entanto, no cenário brasileiro atual, observa-se justamente o contrário quanto a questão do grande caso de câncer de mama. Nesse contexto, percebe-se a configuração de um grave problema de contornos específicos, em virtude da falta do autoexame e a falta de recursos para mulheres de baixa renda.
Em primeiro plano, é preciso atentar para à falta de informação sobre tal doença, que afeta uma a cada doze mulheres no Brasil. Ocupando a nossa economia mundial, sería racional acreditar que o Brasil possui um sistema público de saúde eficiente. Contudo, a realidade é oposta e o resultado desse contraste é claramente refletido no grande número de mulheres que não conhecem a importância do autoexame.
Por conseguinte, temos como impulsionador de casos, à falta de recursos para mulheres em situações de baixa renda.De acordo com o romancista Jonh Knowles; " A saúde do ser humano é determinada pelo seu comportamento, sua alimentação e condições do ambiente". Diante de tal contexto, a maioria dessas mulheres não tem um ambiente saudável, nem um acompanhamento médico regular, além de não terem acesso a informações básicas de saúde.
Infere-se, portanto, que ainda há muitos entraves para garantir a solidificação de políticas que visem a construção de um mundo melhor. Em virtude dessa realidade, cabe ao ministério da saúde em parceria com o ministério da educação e veículos de imprensa no envio de recursos e informações para lugares onde não se tem acesso à essas informações. Também garantindo a reeducação dessas mulheres, para que em seu próprio ambiente consigam fazer o autoexame, que é tão importante para identificar a doença em seu estado inicial, e assim começar um tratamento. Dessa forma, teremos no Brasil uma população de mulheres informadas e saudáveis.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores apresentados na proposta de redação.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 60

Você atingiu aproximadamente 30% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante apresenta repertório limitado de recursos coesivos e articula as partes do texto de forma insuficiente, com muitas inadequações, o que compromete a organização das ideias.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#37779
@Paulinne , Olá, tudo bem? Vou corrigir a sua redação. Vamos lá?
INTRODUÇÃO- A constituição de 1988 traz a saúde como um direito e um dever do estado. No entanto, no cenário brasileiro atual, observa-se justamente o contrário quanto a questão do grande caso de câncer de mama. Nesse contexto, percebe-se a configuração de um grave problema de contornos específicos, em virtude da falta do autoexame e a falta de recursos para mulheres de baixa renda.


Sua introdução contém todos os elementos exigidos. Muito bom.

D1- Em primeiro plano, é preciso atentar para à falta de informação sobre tal doença, que afeta uma a cada doze mulheres no Brasil. Ocupando a nossa economia mundial,(1) sería racional acreditar que o Brasil possui um sistema público de saúde eficiente. Contudo, a realidade é oposta e o resultado desse contraste é claramente refletido no grande número de mulheres que não conhecem a importância do autoexame.
Cadê o problema a causa que vc especificou na sua tese? '' A fata do Autoexame''? NÃO considero esse seu Desenvolvimento. Se atente para os próximos textos.FALTA DE REPERTÓRIO

D2-Por conseguinteCaberia outro conectivo aqui, ein., temos como impulsionador de casos, à falta de recursos para mulheres em situações de baixa renda.De acordo com o romancista Jonh Knowles; " A saúde do ser humano é determinada pelo seu comportamento, sua alimentação e condições do ambiente". Diante de tal contexto, a maioria dessas mulheres não tem um ambiente saudável, nem um acompanhamento médico regular, além de não terem acesso a informações básicas de saúde.
Você citou ali a falta de recursos para as mulheres em situações de baixa renda, mas não especificou isto de maneira mais detalhada. Cuidado!

CONCLUSÃO- Em virtudeCuidado com repetições dessa realidade, cabe aoAGENTE ministério da saúde em parceria com o ministério da educação e veículos de imprensa no AÇÃOenvio de recursos e informações para lugares onde não se tem acesso à essas informações. Também garantindo a reeducação dessas mulheres, para que em seu próprio ambiente consigam fazer o autoexame, que é tão importante para identificar a doença em seu estado inicial, e assim começar um tratamento. Dessa forma, teremos no Brasil uma população de mulheres informadas e saudáveis.
NA CONCLUSÃO tem que conter os 5 elementos : AGENTE, AÇÃO , MEIO\MODO, DETALHAMENTO E FINALIDADE.
Falta de segurança no Brasil

Promulgada pela ONU em 1948, a declaraç&ati[…]

Ashiley Muito obrigado por ter corrigido!

As fakes news, são as notícias falsa[…]

Com a descoberta do coronavírus em Wuhan, c[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM