• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#62523
Segundo o filósofo Francis Bacon "Só se pode vencer a natureza obedecendo-lhe", essa visão, embora correta, não é efetivada no hodierno cenário global, sobretudo no Brasil. Nesse âmbito, faz-se necessário dois entraves acerca do combate à poluição plástica do século XXI: a destinação indevida de tais materiais -principalmente o descarte em mares e rios- e a despreocupação do homem com o meio ambiente.

Sob esse viés, é válido pontuar a problemática relacionada ao despojo inadequado do plástico, pois, pode causar entupimento de bueiros, o que gera inúmeras enchentes, ocasiona a perda de moradias, desabrigando pessoas e principalmente moradores da periferia. Esse nefasto paradigma atesta, sobretudo, inúmeros impactos ambientais, principalmente quando depositados nas costas marítimas, pois, acabam se tornando “armadilhas” para animais marinhos, que acabam ingerindo ou ficando presos, fato esse que altera a cadeia alimentar da fauna aquática. Desse modo, é perceptível a necessidade da colaboração da população para modificar esse cenário.

Ademais, é notório o desleixo humano e a sua interferência no ecossistema. De acordo com um estudo realizado pelo “5 gyres institute” estimou que há cerca de 5,25 trilhões de partículas de plástico flutuando no oceano, o que é equivalente a 269 mil toneladas. Diante do exposto, a decorrência de tal dado é tanto da produção e o consumo em demasiado dos produtos, quanto das formas inadequadas de manejo, e isto só mostra o descuido do ser humano, e o quanto o mesmo impacta negativamente no biossistema. Contudo, é preciso promover ações conjuntas para transformação desta realidade, desde o consumo, até o descarte e o tratamento de resíduos.

Portanto, pode-se inferir que o excesso de matéria plástica no meio é um tema relevante que carece de solução. Sendo assim, cabe ao ministério do meio ambiente – responsável por resguardar os recursos naturais do Brasil- juntamente com o agentes do Governo na área de saneamento básico, propor projetos sociais que promovam uma discussão em ambientes domésticos e estudantil, e campanhas instrucionais por via de mídias sociais, além de utilizar uma fiscalização devida, afim de que reduza as consequências do despojamento de objetos com grande dificuldade de decomposição. Com esses direcionamentos, os indivíduos e a natureza, como advoga Bacon, irão coexistir, de forma que atenue as consequências causadas pelos mesmos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#63096
Tema: O combate à poluição plástica no século XXI.

Legenda:
erro
possível erro
confuso
pode melhorar
desnecessário
repetição
adequação ao tema
correção
(x) observações
"stonkis"

INTRODUÇÃO:

Segundo o filósofo Francis Bacon, "Só se pode vencer a natureza obedecendo-lhe", essa visão, embora correta, não é efetivada no hodierno cenário global, sobretudo no Brasil. Nesse âmbito, faz-se necessário o estudo de dois entraves acerca do combate à poluição plástica do século XXI: a destinação indevida de tais materiais -principalmente o descarte em mares e rios- e a despreocupação do homem da população (ou ser humano) com o meio ambiente.

...
:idea: Comentários gerais: Ótima introdução, completa! Com poucos desvios. As causas para o problema, apontadas por você, são: descarte indevido de materiais plásticos e o descaso da população. Veremos se irá tratar delas.
#63097
hsilveira escreveu:
Flaviaa escreveu:Opa, @hsilveira, você está bem?
Trarei observações sobre seu texto.
Estou sim, e vc?
Muito obrigada pela atenção e ajuda
Estou sim, obrigada por perguntar!
Até onde li, você está indo muito bem, parabéns!
#63112
DESENVOLVIMENTO 2:

Sob esse viés (essa expressão eu não recomendaria que você utilizasse no início de um parágrafo, apenas uma sugestão), é válido pontuar a problemática relacionada ao despojo inadequado do plástico, pois, pode causar entupimento de bueiros, o que gera inúmeras enchentes, ocasiona a perda de moradias, desabrigando (fuja do gerúndio) pessoas e principalmente moradores da periferia. (faltou conectivo) Esse nefasto paradigma atesta, sobretudo, inúmeros impactos ambientais, principalmente quando depositados nas costas marítimas, pois, acabam se tornando “armadilhas” para animais marinhos, que acabam ingerindo ou ficando presos, fato esse que altera a cadeia alimentar da fauna aquática. Desse modo, é perceptível a necessidade da colaboração da população para modificar esse cenário.

COMENTÁRIO: Excelente explicação! Porém, faltou embasar seu argumento.
Doença mental

Deivid16 , Gi69

“A essência dos direitos humanos &eac[…]

vitoriaca , tá bom anjo❤

Iurymed , ei!! Claro! Posso sim. Em breve, ok[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM