Avatar do usuário
Por Gustax7
Quantidade de postagens
#115804
Na obra "O Cidadão de Papel", o jornalista Gilberto Dimenstein critica o sistema de leis no Brasil, no qual possui uma boa elaboração, porém carece de efetividade, na prática. Sob esse viés a crítica da obra sobredita se aplica no contexto nacional quanto o combate à depressão na sociedade, pois é uma questão a ser solucionada. Logo, são necessárias medidas para solucionar o impasse, motivado pela sociedade e o desemprego.

Em primeiro lugar, contata-se a banalização da sociedade como uma das causas depressão no país. Nesse contexto a filósofa Hannah Arendt criou a expressão "Banalidade do Mal", a qual diz respeito ao fato de que as pessoas estão normalizando as mazelas sociais, de modo a torná-las banais. Nessa ótica, tal teoria é contatada no contexto brasileiro, visto que parte da população está cometendo diversos crimes como caso do preconceito, acarretando em depressão. Dessa forma, devido a normalização desse impasse, a problemática é agravada no meio social.

Ademais, a carência de discursões acerta da depressão na sociedade no país é um dos motivadores do impasse. Nesse sentido, segundo o sociólogo Karl Marx em sua teoria do "Silenciamento do Discursos", alguns temas são omitidos na sociedade afim de ocultar as mazelas sociais. Sob essa perspectiva na sociedade brasileira contemporânea, a visão do autor pode ser aplicada quanto o desemprego, portanto, o assunto é pouco debatido do âmbito midiático, acarretando na manutenção do problema no país.

Portanto, faz-se necessário ações para conter a depressão no país. Para tanto o Governo Federal, cuja a função é manter a harmonia social por meio de ministérios ligados ao problema, de modo a ajudar como manda a lei. Além disso, cabe a mídia por meio das redes sociais a exemplo Instagram e Facebook com o fito de divulgação. Feito isso a realidade destoará da obra de Dimenstein.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 170

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Avatar do usuário
Por Italopeixoto
Quantidade de postagens
#117142
Na obra "O Cidadão de Papel", o jornalista Gilberto Dimenstein critica o sistema de leis no Brasil, no qual possui uma boa elaboração, porém carece de efetividade,- vírgula errada-na prática. Sob esse viés(,) a crítica da obra sobredita se aplica no contexto nacional(,) quanto o combate à depressão na sociedade, pois é uma questão a ser solucionada. Logo, são necessárias medidas para solucionar o impasse, motivado(s) - concordância- pela sociedade e o desemprego.

Em primeiro lugar, contata-se a banalização da sociedade como uma das causas (da) depressão no país. Nesse contexto(,) a filósofa Hannah Arendt criou a expressão "Banalidade do Mal", a qual diz respeito ao fato de que as pessoas estão normalizando as mazelas sociais, de modo a torná-las banais. Nessa ótica, tal teoria é contatada - utilização do mesmo verbo no D1- no contexto brasileiro, visto que parte da população está cometendo diversos crimes como caso do preconceito, acarretando em depressão. Dessa forma, devido a normalização desse impasse, a problemática é agravada no meio social.

Ademais, a carência de discus(s)ões acerta da depressão na sociedade no país é um dos motivadores do impasse. Nesse sentido, segundo o sociólogo Karl Marx em sua teoria do "Silenciamento do Discursos", alguns temas são omitidos na sociedade a/fim - afim junto é usado para demonstrar interesse por outra pessoa, usa-se a fim separado para finalidade- de ocultar as mazelas sociais- varie as expressões você usou a mesma no D1-. Sob essa perspectiva(,) na sociedade brasileira contemporânea, a visão do autor pode ser aplicada quanto (a)o desemprego, portanto, o assunto é pouco debatido do âmbito midiático, acarretando na manutenção do problema no país. -Seu tópico frasal está iniciando com a problemática " a carência de discussões na sociedade " não conecta com a introdução, você menciona desemprego, você só aborda este tema ao final, tome cuidado, você acaba cometendo o erro de repetir o tópico frasal do D1, mas com palavras diferentes-

Portanto, faz-se necessário ações para conter a depressão no país. Para tanto o(1) Governo Federal, (d) cuja a função é manter a harmonia social por meio de ministérios ligados ao problema, (2) de modo a ajudar como manda a lei. Além disso, cabe a (1) mídia (3)por meio das redes sociais(,)(d)a exemplo Instagram e Facebook com o fito de divulgação(d). Feito isso(,) a realidade destoará - coloque no presente- da obra de Dimenstein.


Recomendo você estudar um pouco sobre concordância, falta algumas preposições, procure estudar sobre a conclusão, faltam os 5 elementos, você utiliza muita das vezes de agente, ação, meio e detalhamento, mas está faltando a finalidade, precisa estar bastante claro, não se esqueça da diferença de "afim de" e "a fim de", cuidado também com repetições de expressões, e mantém o alerta de tratar do assunto que você abordou na introdução, se você menciona desemprego você precisa iniciar o período e fechar o período tratando sobre desemprego, faça exercícios de pontuação também.

Espero ter ajudado, lembrando sou somente um estudante, não sou nenhum corretor profissional, essa é uma boa maneira de estudos, por isso corrigi algumas, espero ter ajudado e desculpe-me qualquer erro🙃
0
Avatar do usuário
Por Mylike
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#118574
1-desvios gramaticais;
2- tente usar os seus repertórios de maneira mais produtiva;
3-sua argumentação precisa ser mais desdobrada, cite causas, consequências e exemplos;
4- evite repetir elementos coesivos em seu texto;
5- sua proposta de intervenção está incompleta.
Muito bem ! :)

O impossível é somente um limite estabelecido pelas nossas próprias mentes! :)
0
Avatar do usuário
Por Mylike
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#118576

recomendo o estudo dessa playlist para você melhorar a sua escrita! :)

O impossível é somente um limite estabelecido pelas nossas próprias mentes! :)
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
O combate da depressão na sociedade
por itsnathy    - In: Outros temas
0 Respostas 
89 Exibições
por itsnathy
O COMBATE A DEPRESSÃO NA SOCIEDADE
por Dailaalves    - In: Outros temas
0 Respostas 
66 Exibições
por Dailaalves
1 Respostas 
139 Exibições
por Haruukkjk
2 Respostas 
202 Exibições
por Julio923249
O combate a depressão na sociedade brasileira
por Japa2005    - In: Outros temas
0 Respostas 
84 Exibições
por Japa2005
o combate à depressão na sociedade brasileira
por madali    - In: Outros temas
0 Respostas 
76 Exibições
por madali
Combate a depressão na sociedade brasileira
por madali    - In: Outros temas
0 Respostas 
60 Exibições
por madali
Combate à depressão na sociedade
por giovanna0li    - In: Outros temas
0 Respostas 
42 Exibições
por giovanna0li
O combate da depressão na sociedade
por Bela2030    - In: Outros temas
0 Respostas 
39 Exibições
por Bela2030
Combate à depressão na sociedade brasileira
por analuiszx    - In: Outros temas
0 Respostas 
61 Exibições
por analuiszx
Moradores de rua- preconceito

No Brasil existe uma grande desvalorizaç&at[…]

Enem 2023

A Constituição Federal de 1988, infl[…]

É comum vermos comerciais direcionados ao p[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM