Avatar do usuário
Por Johann
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#123155
Oii gente, faz um bom tempo desde a última vez que fiz uma redação, então estou enferrujado k

A série "Euphoria", produzida pela HBO, retrata a vida de Rue, uma adolescente que precisa lidar com seus dilemas pessoais, entre eles, o vício de consumir entorpecentes. Para além da ficção, especialmente com a chegada dos cigarros eletrônicos, observa-se uma crescente no número de jovens ligados ao tabagismo - a prática de fumar -, e isso agrava um cenário que é precário desde outrora: a saúde pública no Brasil. Sob esse viés, faz-se necessário analisar como a disfunção tutelar e escolar tonificam essa chaga.

Primeiramente, é fulcral culpabilizar a inércia da parentela quanto à educação dos seus filhos, pois isso intensifica o impasse. Por esse ângulo, é válido resgatar uma ideia do filósofo Mario Sergio Cortella, o qual defende que educar é função da família. Nota-se, no entanto, uma falha na prática desse conceito hodiernamente, uma vez que, devidos a motivos como cansaço, falta de tempo ou preguiça, muitos pais de distanciam do seu papel de elucidar a importância da negação à prática do tabagismo, assim como o de explicar as implicâncias futuras do consumo de “vapes”, tais como a aquisição de doenças diversas e dificuldades sociais e laborais. E isso é maléfico, posto que o ser humano constrói suas bases ideológicas na fase da infância e juventude, e sem orientação adequada, então, se tornam fortemente influenciáveis. Portanto, é indispensável que os genitores repensem sua responsabilidade para com a tutela dos jovens.

Outrossim, a negligência das instituições de ensino sobre a crescente dos vapes eleva a problemática. Sobre isso, o educador Paulo Freire pontua que os colégios focam apenas em teoria de provas, secundarizando o ensino de problemas sociais. Essa tese é, de fato, concreta, já que o investimento estatal na contratação de psicólogos ou a reestruturação da base nacional comum curricular, a fim de criar novas matérias ou dinâmicas nos livros didáticos que hajam na elucidação de polêmicas como as do cigarro eletrônico é geralmente pouco ou insuficiente. A ocorrência disso se deve ao Poder Público optar por valorizar setores mais lucrativos, tais como o agronegócio e agropecuária, deixando em segundo plano a questão dos vapes e ademais produtos tóxicos. Logo, é necessário que a máquina estatal viabilize recursos para construção de ideias nas escolas brasileiras que impeçam a progressão dessa mazela social.

Destarte, urge que o crescimento do tabagismo eletrônico entre os jovens tenha suas fundações desfeitas. Visando esse fim, cabe ao Governo Federal viabilizar a criação de políticas públicas nas escolas, as quais tornarão mais possíveis discussões acerca das problemáticas do vape. Isso será feito por meio da campanha “saúde jovem”, que convocará palestras de profissionais disponibilizados pelo Ministério da Saúde, com auxílio de rodas de conversa entre discentes e professores, que terá a finalidade de transformar o pensamento perverso da juventude de consumir entorpecentes, e assim, melhorar a questão da saúde pública nacional. Além disso, campanhas publicitárias midiáticas serão financiadas, com objetivo de alcançar e informar mais pessoas. Com essa solução, espera-se que menos jovens se encontrem na mesma situação de Rue.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

O artigo 4 da Declaração Universal dos Direitos Hu[…]

alguém poderia por favor corrigi-la? @Lauany25 @M[…]

O programa televisivo "Catalendas" con[…]

Os celulares são uma tecnologia que está muito ada[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!