• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#71320
A constituição federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6° o direito à segurança como inerente a todo cidadão brasileiro. Contudo, no âmbito trabalhista, cada vez mais empregados vêm se deparando com o assédio moral, conduta praticada pelo superior hierárquico de seu trabalho em que o objetivo primário é causar constrangimento - com ações que atingem a moral, dignidade e a autoestima dos funcionários - e, no fim, a demissão. Diante dessa perspectiva, faz-se necessária a análise dos fatores que favorecem esse quadro e suas consequências.
-
Conforme Simone de Beauvoir afirma, o mais escandaloso de todos os escândalos é que nos habituamos a eles. A denúncia de casos de assédio moral é de extrema importância, visto que ajuda a combater o comportamento do agressor, prevenir que mais trabalhadores sofram o incômodo e contribuir para uma relação mais colaborativa e saudável no local de trabalho. Todavia, segundo um levantamento feito pela BBC Brasil, 87% das vítimas decidem não denunciar a conduta. Dessa forma, o número de casualidades não diminui, e a sociedade prova o argumento de Edward Burke: “Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada.”
-
Ademais, é fundamental apontar como o assédio moral atinge o ser humano. Sempre que o funcionário é atacado com humilhações, “brincadeiras” e rebaixamentos, sua moral, dignidade e autoestima é atingida. Simultaneamente, esses atos acarretam danos morais, psicológicos e até mesmo físicos, como depressão, ansiedade, insônia, distúrbios alimentares, problemas na coluna e até mesmo o suicídio dependendo do caso. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.
-
Portanto, conclui-se que o assédio moral é um mal que atinge toda a sociedade e deve-se trazer soluções para o problema. Para isso, é imprescindível que o Ministério do Trabalho crie campanhas e propague a importância da denúncia e as consequências de tais atos, através de palestras e campanhas - utilizando-se de canais de comunicação, discussão aberta na mídia, fóruns de explicação do tópico e de debate na internet - a fim de impedir que esse tipo de prática continue desmoralizando funcionários através do globo. Outrossim, sindicatos trabalhistas devem se juntar ao Congresso Nacional para convocar mais sanções para a proteção do assalariado, com multas para o empregador/empresas coniventes com a prática, de modo a impedir que ações descreditem-os. Assim se consolidará uma sociedade mais saudável e segura, indo contra a visão de Burke.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#71828
A Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6° o direito à segurança como inerente a todo cidadão brasileiro. Contudo, no âmbito trabalhista, cada vez mais empregados vêm se deparando com o assédio moral, conduta praticada pelo superior hierárquico de seu trabalho em que o objetivo primário é causar constrangimento - com ações que atingem a moral, dignidade e a autoestima dos funcionários - e, no fim, a demissão. Diante dessa perspectiva, faz-se necessária a análise dos fatores que favorecem esse quadro e suas consequências.

[faltou conectivo de desenvolvimento e apresentação do argumento] Conforme a escritora Simone de Beauvoir afirma, o mais escandaloso de todos os escândalos é que nos habituamos a eles. [faltou conectivo] A denúncia de casos de assédio moral é de extrema importância, visto que ajuda a combater o comportamento do agressor, prevenir que mais trabalhadores sofram o incômodo e contribuir para uma relação mais colaborativa e saudável no local de trabalho. Todavia, segundo um levantamento feito pela BBC Brasil, 87% das vítimas decidem não denunciar a conduta. Dessa forma, o número de casualidades não diminui, e a sociedade prova o argumento de Edward Burke: “Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada.”
* Muito repertório e pouca argumentação

Ademais, é fundamental apontar como o assédio moral atinge o ser humano. [faltou conectivo] Sempre que o funcionário é atacado com humilhações, “brincadeiras” e rebaixamentos, sua moral, dignidade e autoestima é atingida. Simultaneamente, esses atos acarretam danos morais, psicológicos e até mesmo físicos, como depressão, ansiedade, insônia, distúrbios alimentares, problemas na coluna e até mesmo o suicídio dependendo do caso. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.
* Ficou no senso comum, deveria ter dividido o repertório do § anterior e jogar um para esse

Portanto, conclui-se que o assédio moral é um mal que atinge toda a sociedade e deve-se trazer soluções para o problema. Para isso, é imprescindível que o Ministério do Trabalho crie campanhas e propague a importância da denúncia e as consequências de tais atos, através < procure sinônimo] de palestras e campanhas - utilizando-se de canais de comunicação, discussão aberta na mídia, fóruns de explicação do tópico e de debate na internet - a fim de impedir que esse tipo de prática continue desmoralizando funcionários através do globo. Outrossim, sindicatos trabalhistas devem se juntar ao Congresso Nacional para convocar mais sanções para a proteção do assalariado, com multas para o empregador/empresas coniventes com a prática, de modo a impedir que ações descreditem-os. Assim se consolidará uma sociedade mais saudável e segura, indo contra a visão de Burke.
#72665
@Mag, opa! Espero que esteja bem!🥰
Estava muito ocupada esses dias, mas vi que já corrigiram sua redação sua redação...
Deixo minha análise em uma próxima, viu?
Bons estudos!😃
Pirataria digital pode ser prevenida

No que se concerce a pirataria digital é um[…]

OLÁ JO! Tudo bem? Espero que seu dia est[…]

HABILIDADES SOCIOEMOCIONAIS

Para o filósofo grego Aristóteles, q[…]

O peso de ser gentil

Cordialidade trata-se do bom recebimento e tratam[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM