Página 1 de 1

O analfabetismo brasileiro

Enviado: 19 Jul 2021 11:52
por juaguilar
O analfabetismo se refere àquelas pessoas que não sabem ler nem escrever e o tema ganha relevância nas mídias sociais. Nesse contexto, podem-se destacar as causas e as consequências que o elevado índice de analfabetismo gera ao país e ao indivíduo. Esse tema é assunto de discussão na sociedade.
Embora, nos últimos anos, o governo brasileiro investiu no sistema educacional, em razão da infraestrutura escolar inadequada e desvalorização dos professores, o que acarreta evasão dos alunos, a taxa de analfabetismo no Brasil é relevante e é consequência direta dos fatores apontados.
De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha e publicada no jornal Folha de São Paulo, cerca de 10% da população no país é analfabeta. Esse dado demonstra a negligência do Estado com a educação. Além disso, evidencia as desigualdades socioeconômicas entre as regiões no processos de alfabetização e torna notória a faixa etária mais acometida por esse problema, que é a população de 60 anos ou mais.
Um outro aspecto a ser analisado, em relação ao analfabetismo nacional, é o desprestígio dos professores. Segundo Olga de Carvalho, socióloga e professora da USP, 60% dos educadores não possuem capacitação adequada. Somado a esse problema, estão os baixos salários. Essa situação, por sua vez, afronta o direito à educação de qualidade assegurada pela Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.
Para que se resolva o problema da falta de instrução formal no Brasil, é preciso que o Governo Federal, com apoio do Ministério da Educação, invista em programas de escolarização, maior capacitação e valorização salarial dos professores. Uma outra medida importante são ações contra a evasão escolar.