Página 1 de 1

Na atualidade, muito pode ser feito na construção de um Brasil bom para todos.

Enviado: 05 Ago 2021 22:15
por IgorGomes
É de comum conhecimento a relevância do desenvolvimento sustentável com enfoque nas gerações futuras para a construção de um Brasil bom para todos. Desta forma, pode-se citar que são fatores negativos resultantes do desenvolvimento não sustentável: a escassez de recursos naturais e o aquecimento global.
De forma a garantir a possibilidade de desenvolvimento e a certeza de autossuficiência em tempos vindouros, é necessário, antes de mais nada, garantir a utilização de recursos naturais consciente. Evitando o crescimento irrefreável em função do desmatamento desnecessário, da constante poluição do solo e do ar e da extração descompensada de minérios.
Consoante a isto, apresenta-se a descompassada emissão de gases poluentes na atmosfera e na camada de ozônio. É possível perceber em grandes metrópoles, principalmente na irreverente São Paulo, um ar menos rarefeito – e, portanto, mais denso –, em comparação com cidades menores. Fatores que contribuem diretamente com o aquecimento sintético do globo, corroborando com o derretimento de geleiras e maior exposição a raios ultravioletas.
Levando em consideração os aspectos analisados, infere-se à problemática posta a inviabilidade de soluções que não ponderem o impacto das ações hodiernas na qualidade de vida de uma sociedade porvindoura. Destarte, conclui-se que assegurar a repetição das mesmas oportunidades que temos hoje, é a forma de consumar um Brasil bom para todos.