Avatar do usuário
Por miche684
Quantidade de postagens
#121093
Segundo a constituição federal, todos os indivíduos tem direito a moradia, saúde e alimentação. A aplicação dessa norma, destoa da realidade, uma vês que parcela singular da população ainda enfrenta, a falta de moradia e a desumanização gerada pela arquitetura hostil. Desse modo afim de combater tal questao, e preciso debater sobre as causas que a manifestam, a saber, que é necessário o acolhimento dessas pessoas em situação de vulnerabilidade, e a elaboração de novos meios com base na arquitetura para haver humanização do meio sociocultural e arquitetônico.

nesse contexto, depreende-se que a á necessidade do acolhimento desses indivíduos em situação de mazela social, é um fator primordial para a manutenção do contratempo. Acerca disso, é oportuno rememorar o pensamento do ilustre filosofo Nietzsche, segundo o tal propõe essa ideia de vazio ao incidi o porque os moradores de rua não são vistos pela sociedade como cidadãos. A ideia do pensador, todavia, vai de encontro ao Brasil, visto que, embora seja imprescindível relembrar os avanços já alcançados no meio social, persiste a invisibilidade e vulnerabilidade que esses individuo sofrem. Isso, por conseguinte, potencializa um cenário de mazela onde essas pessoas já não tem moradia e muitas vezes não encontras nem mesmo nas ruas. Assim, é necessário o acolhimento dessas pessoas em situação de vulnerabilidade se mantiver, difícil será alterar o quadro nacional

Além disso, a elaboração de novas bases para a arquitetura para haver humanização do meio sociocultural e arquitetônico, precisa ser superada. Consoante uma pesquisa realizada pela, agenciaBRASIL, A população de rua superou as 281 mil pessoas no Brasil em 2022. Tal questao, indiscutivelmente, decorre da falta de moradia e outras questões sociais, ja que os moradores de rua não tem moradia e por muitas vezes não encontram abrigo nem mesmo nas ruas. Conseguintemente, gera um abismo de ainda mais vulnerabilidade social onde não se tem acesso a requisitos básicos de infraestrutura, sendo uma situação inadmissível em um pais que se consagre plenamente desenvolvido.

Mediante o exposto, observa-se a necessidade de impedir o avenço de moradores de rua e a problemática da arquitetura hostil. Nesse sentido, cabe ao estado enquanto garantidor de direitos fundamentais, por meio de apoio de esferas federais e municipais, criar locais de acolhimento onde essas pessoas possam passar a noite, se alimentar e ter abetos de higiene, com o intuito de minimizar os impactos dos moradores de rua . Outrossim, cabe ao mesmo agente a realização de mudanças na arquitetura nos grandes centros para uma melhor acolhida dessas pessoas assim propiciando o mínimo de humanização. Dessa forma, poder-se-á fazer valer, na pratica, a constituição federal.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Seu texto apresenta estrutura sintática com certa organização, porém com muitos desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual, que comprometem a compreensão das ideias.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Avatar do usuário
Por gabrielromao
Quantidade de postagens
#121108
Na introdução: tem deve ser corrigido por têm, concordando com "todos" // e "vês" vem do verbo ver, n fez sentido.// essa virgula depois de "enfrenta" não existe.// "afim" deve ser substituido por " a fim" e a virgula apos n existe e corrija o verbo "é". sua introdução é confusa, mas possui bons arguments.
no D1: comece com letra maiúscula, e no lugar de " a á" use "há" não consegui entender seu segundo periodo é muito confuso esse jogo de palvras que vc faz. Cadê o tema???? nao foi citado a arquitetura hostil de forma produtiva. perde pontos na C3 ao nao recorrer ao tema.
No D2: não use inversões sintáticas, deixe tudo na forma normal, isso ajuda a comprrensão do seu texto. Virgulas desnecessárias entre o agnete da pesquisa. É um pouco redundante falar que os moradores de rua vivem na rua e nao tem moradia, não acha?
Na conclusão: aponta agente, ação, meio e finalidade e um detalhamento sucinto, mas tenta criar outra proposta, se for criar, dê tudo o que uma conclusão pede.
Em sintese, seu texto possui diversos erros de portugues, erros sintaticos que dificultam a leitura, e redundancias desnecessárias, mas é observável que você conhece a estrutura ENEM, contudo, se atente à norma-padrão e tente desenolver melhor seus argumento, além de focar mais na problemática do tema, não foi seu foco a arquitetura hostil. :P
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
286 Exibições
por Lucysilva
0 Respostas 
274 Exibições
por Mariana08207
0 Respostas 
358 Exibições
por manulivros
0 Respostas 
115 Exibições
por BanYue
0 Respostas 
134 Exibições
por Enrii
0 Respostas 
109 Exibições
por Sibele
0 Respostas 
111 Exibições
por ayna
0 Respostas 
87 Exibições
por IsabelPaiva3
0 Respostas 
97 Exibições
por IsabelPaiva3
1 Respostas 
96 Exibições
por Andcosta

O romance filosófico "Utopia&q[…]

A sociedade brasileira, ao longo dos último[…]

Caiunao Felipe082 Poderiam da uma olhada por […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM