• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Luanaraque12
#68813
A constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6°, o direito ao transporte, como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa a Mobilidade Urbana Sustentável, dificultando, desde modo, a universalização desse direto social tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.
Em primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater a falta da mobilidade urbana. Nesse sentido a insuficiência de investimentos nos transportes públicos e nos alternativos, contribuem no aumento do congestionamento nas grandes cidades. Essa confuntura, segundo as ideias do filósofo contratualista John Lock, configura-se como violação do " contrato social", já que o estado não cumpre essa função de garantir que os cidadãos frutem de diretos indispensáveis, como o acesso ao transporte.
Outrossim, destaca-se a falta de incentivo ao uso de ciclovias, transportes coletivos ou até mesmo pedágios, como impulsionador dessa situação. Segundo os dados públicados no anuário 2017 da confederação Nacional de transporte, a frota de automóveis no Brasil é de 51,2 milhões, o equivalente a um carro para quatro brasileiros. Diante de tal exposto, a falta de ciclovias e outros meios de transporte público, prejudica na locomoção da população e aumenta cada vez mais os impactos ambientais. Logo é inadmissível que esse cenário continue a pendurar.
Depreende-se, portanto, a necessidade de combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o Governo amplie as áreas atendidas pelos transportes públicos coletivos, como ônibus, metrôs e trens, a fim de melhorar as condições dos habitantes em geral. Paralelamente, é imperativo que o incentivo ao uso de bicicletas e carros a diesel sejam dotados como finalidade de diminuir e evitar a poluição da camada de ozônio. Assim, se consolará uma sociedade mais sustentável, onde o estado desempenha corretamente sei "contrato social", tal como afirma John Lock.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

INTRODUÇÃO O capitalismo estab[…]

vitoriaca , Muito obrigado pela correç&ati[…]

Sua redação está maravilhosa,[…]

A agricultura familiar é de suma import&aci[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM