• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#50803
Proposta: Elabore um texto dissertativa argumentativo em que se discuta sobre a mobilidade urbana e, ao esboçar seu texto, considere-se agente do serviço público que atua na esfera do cargo a que concorre.
Banca Consulpam

Em 1988, foi promulgada a Constituição Federal com a finalidade de garantir a todos os indivíduos o direito aos serviços públicos de maneira universal. Todavia conflitos emergem em torno da mobilidade urbana no Brasil, no qual apresenta uma falha no princípio de isonomia. Diante dessa perspectiva, entende -se que a insuficiência na prestação de serviços públicos, bem como a falta de acessibilidade nas cidades urge como entraves na resolução do problema.

Primeiramente, é importante salientar que a insuficiência na prestação de serviços é um dos motivos causais. Ademais, no mandato do presidente Juscelino Kubitschek foi traçado o plano de metas, uma delas era o "50 anos em 5", que tinha como objetivo aumentar o consumo de automóveis e instigar a malha rodoviária do país. Entretanto a evolução no consumismo automobilístico não acompanhou o desenvolvimento na prestação de serviços das cidades, ocasionando os chamados "engarrafamentos", todo esse tempo poderia ser revertido em horas de trabalho ativo. Sendo assim, medidas devem ser tomadas urgente.

Outrossim, é imperativo ressaltar que a falta de acessibilidade nas cidades é um problema que afeta o direito de "ir e vir" previsto na constituição. Por conseguinte, segundo o filósofo Thomas Hobbe, o Estado é responsável em garantir o bem estar da população. Entretanto, observa-se que a falta de acesso aos centros urbanos dificultam a mobilização, visto que a falta de rampas, semáforos, alertas sonoros, ciclovias e ciclofaixas, impedem que essa parcela da população usufruam desse direito na prática. Sendo assim, a falta de investimentos na infraestrutura das cidades impede a concretização dos planos de Hobbe.

Portanto, medidas exequíveis são imprescindíveis para mitigar o problema. Dessarte, com o propósito de elevar a eficiência na prestação dos serviços públicos faz-se necessário o investimento em infraestrutura dos municípios e no transporte público de qualidade, além da atuação em transportes alternativos sustentáveis. Ademais, o transporte coletivo eficaz é uma medida administrativa que visa diminuir a concentração de automóveis, tempo no trânsito, e os altos níveis de poluição.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#51000
Procure não repetir palavras e conectivos.
Também tenha mais atenção na falta de vírgulas, principalmente após os conectivos.
No 2ª parágrafo a arrematação está muito generalizada, evite isso na redação: "medidas devem ser tomadas urgentemente."
No 3º parágrafo: "usufrua"
#51039
@EllyAraujo, ah mas isso se refere a você saber seus deveres como servidor, no caso você não pode ir contra ao Estado (exceto quando há casos de corrupção né, essas coisas, você tem que focar no interesse público - do cidadão), ir contra a Lei, é ter noção dos princípios básicos da administração (LIMPE = legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência). Além da diferença de um particular e um servidor: na administração particular é lícito fazer tudo o que a lei não proíbe, na administração pública só é permitido fazer o que a lei autoriza.

É isso, só se refere a atuação de um servidor público, você vai escrever respeitando os limites e demonstrando conhecimento sobre isso. Seria tipo o enem quando fala que não pode afrontar os direitos humanos, aqui nos concursos você tem que agir e propor soluções dentro da esfera pública diante os princípios e o saber administrativo. É só buscar a coerência mesmo.

Aqui está a minha análise da sua r[…]

Ficou espetacular! :) Muito obrigado!!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM