Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Diana003
#46877
O descaso em relação a mobilidade urbana é mostrado diariamente, seja na TV, em jornais online ou até mesmo em livros. Nessa perspectiva, entende-se ser um problema de que todos tem conhecimento. Assim, mostra-se relevante pensar de que forma as pessoas tem vivido isso no século XXI, visto que uma pandemia está acontecendo e não só o uso de transportes próprios, como também terceirizados aumentou.

De inicio, é notório destacar que a pandemia de covid-19, no Brasil, deixou explicito as falhas que existem nos transportes públicos. Isso porque as recomendações segundo o Ministério da Saúde são 1 metro de distância de outros indivíduos, não ter aglomerações e o uso de máscara o tempo todo, só que não acontece como deveria. Prova disso recai quando são mostrados ônibus cheios, em que o distanciamento é de no máximo 10 centímetros, facilitando a proliferação do vírus.

Ademais, cabe ressaltar que por esse motivo, as pessoas tem optado por usar outros meios para se locomover, como carro próprio ou de aplicativos, exemplo disso é a Uber e a 99 ( empresas que a partir de determinado valor, fornecem transportes particulares ). Esse contexto envolve a busca dos brasileiros para ir de um lugar a outro com qualidade. Entretanto, esse aumento na utilização de carros gera problemas sérios para o meio ambiente, já que fazem o uso de combustíveis fósseis, que está entre uns dos principais responsáveis pela poluição atmosférica.

Com o objetivo de alterar esse quadro negativo em que encontra-se a liberdade de locomoção do cidadão, é dever do governo, realizar o controle da quantidade de pessoas em transportes públicos, por meio de reservas online. Do mesmo modo, cabe as iniciativas privadas elaborarem planos sustentáveis, direcionados principalmente a automóveis, através de reuniões com profissionais da área de Ecologia. Somente assim, haverá um futuro não apenas próspero, mas também de bem estar.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#50283
Erros
Opiniões/correção

O descaso em relação a(á) mobilidade urbana é mostrado diariamente, seja na TV, em jornais online ou até mesmo em livros. Nessa perspectiva, entende-se ser um problema de que todos tem conhecimento. Assim, mostra-se relevante pensar de que forma as pessoas tem vivido isso no século XXI, visto que uma pandemia está acontecendo e não só o uso de transportes próprios, como também (o de) terceirizados aumentou.
(gostei da sua introdução!!)

De inicio, é notório destacar que a pandemia de covid-19, no Brasil, deixou explicito as falhas que existem nos transportes públicos. Isso porque as recomendações segundo o Ministério da Saúde são(,) 1 metro de distância de outros ("entre os" ficaria melhor) indivíduos, não ter aglomerações ( isso dá no mesmo que a questão dos 1 metro de distância) e o uso de máscara o tempo todo, só que não acontece como deveria. (Uma) Prova disso recai quando são mostrados ônibus cheios, em que o distanciamento é de no máximo 10 centímetros, facilitando a proliferação do vírus.

Ademais, cabe ressaltar que por esse motivo, as pessoas tem optado por usar outros meios para se locomover, como carro próprio ou de aplicativos, exemplo disso é a Uber e a 99 ( empresas que a partir de determinado valor, fornecem transportes particulares ). Esse contexto envolve a busca dos brasileiros para ir de um lugar a outro com qualidade. ( isso ficou redundante, já que está explícito no que você disse acima).Entretanto, esse aumento na utilização de carros gera problemas sérios para o meio ambiente, já que fazem o uso de combustíveis fósseis, que está entre uns dos principais responsáveis pela poluição atmosférica. ( mas o que isso tem a ver com mobilidade urbana? Quando for citar algum fator "extra" use "Além disso")

Com o objetivo de alterar esse quadro negativo em que encontra-se a liberdade de locomoção do cidadão, é dever do governo (Governo), realizar o controle da quantidade de pessoas em transportes públicos, por meio de reservas online. Do mesmo modo, cabe as iniciativas privadas (Iniciativas Privadas) elaborarem planos sustentáveis, direcionados principalmente a automóveis, através de reuniões com profissionais da área de Ecologia. Somente assim, haverá um futuro não apenas próspero, mas também de bem estar.

Você fez duas propostas de intervenção, então vou analisar a que está mais completa.

Com o objetivo de alterar esse quadro negativo em que encontra-se a liberdade de locomoção do cidadão(efeito), é dever do governo(agente), realizar o controle da quantidade de pessoas em transportes públicos( ação), por meio de reservas online.(meio)

Faltou só o detalhamento

Gostei muito do teu texto, conseguiu desenvolver muito bem sua ideia, de forma simples e direta.

No contexto atual, podemos perceber que as crian&c[…]

Materiais de apoio sugeridos para você: C[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM