• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Jaquefray
Quantidade de postagens
#76550
A Constituição Federal de 1988 — documento que assegura o direito humano — defende a ideia de conforto e liberdade individual uma vez que posta em prática. Entretanto, a mobilidade urbana no Brasil vai, contra a idealização da Carta Magna de modo que falta preparação estrutural para alta demanda de veículos nas estradas e a pequena oferta de alternativas de locomoção em atender o excesso de passageiros que dependem do transporte público.É evidente que a cultura de produção em massa afeta o cotidiano da população bem como o conceito do Fordismo do americano Henry Ford, contrapôs com as necessidades populacionais. Visto que o plano de Ford visa apenas o capital e não as necessidades públicas, contribuindo com a desprotegida infraestrutura rodoviária — que leva a graves acidentes ou até mesmo a óbito — além do ineficiente e caótico tráfego diário. Portanto, a falta de preparação para grande demanda coloca em risco: A locomobilidade.
Como também a escassa opção de viagem congestiona o transporte público. Desse modo o conceito geográfico de microcefalia Urbana ocorre, pois, os cidadãos possuem pouca opção de condução somado ao fluxo de pessoas diariamente nas ruas inchando cada vez mais o pulmão da mobilidade. Sendo assim não é razoável que o tráfico precário permaneça em uma nação onde almeja tornar-se desenvolvida.
Portanto, para colocar em funcionamento uma parte da Constituição de 1988 o ministério dos transportes juntamente as prefeituras municipais, ANTT e os profissionais da arquitetura devem melhorar a qualidade das estradas, ampliar as opções de ida e vinda e incentivar a prática "sem veículos" congestionantes. Através de investimento em melhoria de materiais, disponibilizar mais carros de carona e construir parques para incentivar o uso da bicicleta e caminhada. Tendo como finalidade diminuição do fluxo e assim melhorar o bem-estar durante o trajeto para ambos os lados, motoristas, pedestres e viajantes.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Segundo o artigo 215 da Constituição[…]

2021 tem sido um ano particularmente marcante par[…]

Introdução Na cultura japonesa, o […]

A logística e infraestrutura da Funda&ccedi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM