• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#82097
O filósofo Immanuel Kant afirma que, o homem não é nada além daquilo que a educação faz dele. Entretanto, a inexistência da educação ambiental é uma problemática pouco abordada, onde, o desmatamento e a perca de recursos naturais refletem na falta de conhecimento sobre o tema. Logo, é imprescindivél abordar sobre esse tema e buscar soluções.
A Constituição Federal de 1988, prevê no capítulo VI a defesa e preservação do meio ambiente para que gerações futuras possam desfrutar deste recurso. Ademais, o estado não faz, sem dúvidas o seu papel para construir um caminho sustentável, além disso, o sucateamento do Ministério do Meio Ambiente fomenta a problemática do desmatamento. Consequentemente a flora brasileira perde sua biodiversidade, sendo necessária a intervenção estatal.
Eventualmente, é notório que a perca dos recursos naturais concretiza a ideia da importância da educação ambiental brasileira. É válido ressaltar que, a escassez hídrica e poluição atmosférica são consequências da "deteriorizção" dos recursos ambientais. Por conseguinte, a criação do programa ambiental criado em 2007, não foi tão eficaz quanto poderia ter sido, deixando de promover a educação ambiental. Dessarte, novos projetos e investimentos na educação se mostram necessários.
Portanto, é de extrema necessidade superar os empecilhos da educação ambiental brasileira. Nesse viés, cabe ao Ministério do Meio Ambiente promover e divulgar em espaços públicos, escolas e em canais de TV abertos a urgente necessidade da preservação ambiental que tem como base a educação. Além disso, o poder executivo deve destinar verbas para movimentos que visem a criação de novos projetos ambientais, que visem conscientização social. Desse modo, a tese de Kant que afirma que o homem não é nada além que a educação faz dele, será facilitada.
@Jotaveh @ketlenthai @Saraaaaaa
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#82098
O filósofo Immanuel Kant afirma que, o homem não é nada além daquilo que a educação faz dele. Entretanto, a inexistência da educação ambiental é uma problemática pouco abordada, onde, o desmatamento e a perca de recursos naturais refletem na falta de conhecimento sobre o tema. Logo, é imprescindivél abordar sobre esse tema e buscar soluções.

A Constituição Federal de 1988, prevê no capítulo VI a defesa e preservação do meio ambiente para que gerações futuras possam desfrutar deste recurso. Ademais, o estado não faz, sem dúvidas o seu papel para construir um caminho sustentável, além disso, o sucateamento do Ministério do Meio Ambiente fomenta a problemática do desmatamento. Consequentemente a flora brasileira perde sua biodiversidade, sendo necessária a intervenção estatal.

Eventualmente, é notório que a perca dos recursos naturais concretiza a ideia da importância da educação ambiental brasileira. É válido ressaltar que, a escassez hídrica e poluição atmosférica são consequências da "deteriorização" dos recursos ambientais. Por conseguinte, a criação do programa ambiental criado em 2007, não foi tão eficaz quanto poderia ter sido, deixando de promover a educação ambiental. Dessarte, novos projetos e investimentos na educação se mostram necessários.

Portanto, é de extrema necessidade superar os empecilhos da educação ambiental brasileira. Nesse viés, cabe ao Ministério do Meio Ambiente promover e divulgar em espaços públicos, escolas e em canais de TV abertos a urgente necessidade da preservação ambiental que tem como base a educação. Além disso, o poder executivo deve destinar verbas para movimentos que visem a criação de novos projetos ambientais, que visem conscientização social. Desse modo, a tese de Kant que afirma que o homem não é nada além que a educação faz dele, será facilitada.
#82105
Análise da redação:

Introdução

"O filósofo Immanuel Kant afirma que, o homem não é nada além daquilo que a educação faz dele. Entretanto, a inexistência da educação ambiental é uma problemática pouco abordada, onde, o desmatamento e a perca de recursos naturais refletem na falta de conhecimento sobre o tema. Logo, é imprescindivél abordar sobre esse tema e buscar soluções."

Repertório: ✅
Relação com o tema: ✅
Conectivos: ✅
Tese: ❌ quais seus argumentos?


Desenvolvimento 1

"A Constituição Federal de 1988, prevê no capítulo VI a defesa e preservação do meio ambiente para que gerações futuras possam desfrutar deste recurso. Ademais, o estado não faz, sem dúvidas o seu papel para construir um caminho sustentável, além disso, o sucateamento do Ministério do Meio Ambiente fomenta a problemática do desmatamento. Consequentemente a flora brasileira perde sua biodiversidade, sendo necessária a intervenção estatal."

Tópico frasal: ❌
Repertorio: ✅
Conectivo ❌ "ademais" indevido, visto que se trata de contrariedade do repertório com o tema.
Fundamento: ✅❌
Aprofundamento: ❌
Fechamento/problematização: ✅

Desenvolvimento 2

"Eventualmente, é notório que a perca dos recursos naturais concretiza a ideia da importância da educação ambiental brasileira. É válido ressaltar que, a escassez hídrica e poluição atmosférica são consequências da "deteriorização" dos recursos ambientais. Por conseguinte, a criação do programa ambiental criado em 2007, não foi tão eficaz quanto poderia ter sido, deixando de promover a educação ambiental. Dessarte, novos projetos e investimentos na educação se mostram necessários."

Tópico frasal: ✅
Repertório: ✅
Fundamento: ❌
Aprofundamento: ✅❌
Fechamento: ✅
Conectivos: ✅

Intervenção

"Portanto, é de extrema necessidade superar os empecilhos da educação ambiental brasileira. Nesse viés, cabe ao Ministério do Meio Ambiente promover e divulgar em espaços públicos, escolas e em canais de TV abertos a urgente necessidade da preservação ambiental que tem como base a educação. Além disso, o Poder Executivo deve destinar verbas para movimentos que visem a criação de novos projetos ambientais, que visem conscientização social. Desse modo, a tese de Kant que afirma que o homem não é nada além que a educação faz dele, será facilitada."

Agente: ✅✅
Ação: ✅✅
Detalhamento: ✅❌
Meio/modo: ❌❌
Finalidade: ❌✅
Retomada: ✅
Obs: o agente deve ter letra maiúscula. Ex: "Poder Executivo"

Análise geral: Boa escrita, tente apostar em termos mais claros para a coesão da redação. Se nota um bom potencial de desenvolvimento, mas atente-se para a organização e a clareza das ideias, não esqueça de definir a tese com dois argumentos que serão trabalhados nos dois parágrafos seguintes, atente-se, também, a todas os elementos cobrados na intervenção. Bjs, não desista! Continue praticando! Não desanime!

Mylike , Jotaveh , marimoon , larissa0205 , […]

A invisibilidade dos "cidadãos"

A invisibilidade decorrente da falta de registro c[…]

Para começar sua redação, &ea[…]

Certo, muito obrigada!! Por nada!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM