Avatar do usuário
Por fermelo
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#71334
De acordo com Platão, memorável filósofo grego, “O importante não é viver, mas viver bem” entende-se, portanto, que a necessidade de ter uma qualidade de vida ultrapassa até mesmo a própria existência. Entretanto, essa não é uma realidade vivenciada por milhões de crianças brasileiras, uma vez que, estas tem sua infância roubada pelo trabalho forçado no qual são exploradas, sendo impedidas de terem uma vida digna, tendo suas condições físicas e emocionais deturpadas. Nesse contexto, torna-se evidente a consolidação de um grande problema em virtude da desvalorização escolar e inoperância estatal.
Convém ressaltar, a princípio, que a desvalorização escolar é um fator determinante para a persistência do problema. Para Kant, o ser humano é resultado da educação que tem, de acordo com essa perspectiva, se há um problema social, há como base uma lacuna educacional. No que tange ao problema do trabalho infantil, percebe-se a forte influência dessa causa, posto que a escola não tem cumprido o seu papel no sentido de reverter o problema, por conta da má qualidade do ensino e infraestrutura insuficiente para manter o menor em sala de aula.
Além disso, cabe ressaltar que a inoperância estatal é um forte empecilho para a resolução do problema. O ECA, Estatuto da Criança e do Adolescente, é a lei básica que garante direitos e integridade desse grupo no ambiente em que estão inseridos. No entanto, essa legislação não tem sido suficiente no que se refere à questão de impedir o aumento do trabalho infantil, já que o problema continua atuando fortemente no contexto atual.
Logo, medidas estratégicas são necessárias para alterar esse cenário. É preciso que as comunidades em parceria com as escolas mobilizem-se a fim de exigir melhorias. Tal conscientização pode ocorrer através de projetos escolares e mostras culturais, que expunham a relevância do problema à população local. Ademais, é necessário que representantes políticos da esfera municipal e líderes de bairro mobilizem a população a elaborar cartas de denúncia e baixos-assinados reivindicando a real aplicação da legislação brasileira. Tais documentos devem ser enviados ao site da Ouvidoria da Controladoria-Geral da União, a fim de que a problemática seja de conhecimento público e possa ser solucionado
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
143 Exibições
por GraziCastro
Exposição infantil nos meios virtuais
por marialuisawc    - In: Outros temas
6 Respostas 
183 Exibições
por Kim2503
1 Respostas 
234 Exibições
por mthstvrs
6 Respostas 
322 Exibições
por JuliaB
4 Respostas 
277 Exibições
por Gi69
0 Respostas 
5096 Exibições
por Welzis
0 Respostas 
126 Exibições
por thaisramos17
2 Respostas 
2939 Exibições
por Indyagll
1 Respostas 
98 Exibições
por eduart
3 Respostas 
616 Exibições
por JoaoPedro72

httalunoo VictorF Gi69 Nayanne EuDavila […]

Anna1 , obrigada, Anna <3 Sempre fico inse[…]

A maioria das pessoas que vivem com HIV ou AIDS re[…]

Fundada em 1903, uma instituição psi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM