Avatar do usuário
Por Sabina
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#129139
A constituição Federal brasileira de 1988, prevê que todos iguais perante a lei, independente de raça, cor ou gênero. No entanto, essa igualdade não é a realidade das pessoas com deficiência, uma vez que ocorre o capacitismo. Nessa expectativa, note-se que o preconceito é um grave problema que impede a participação de pessoas com deficiência na sociedade brasileira. Sob essa ótica, dois fatores não podem ser negligenciados: a falta de inclusão e a violência.

Em primeira análise, é importante ressaltar que a falta de inclusão é o principal motivo do capacitismo no Brasil. Isso acontece, devido a falta de oportunidades para as pessoas com deficiência dentro da sociedade, não somente no mercado de trabalho, mas também no meio social, como por exemplo nas vagas de empregos em cargos importantes e convívio com outras pessoas. Nesse contexto, segundo o educador brasileiro, Paulo Freire, “A inclusão acontece quando se aprende com as diferenças e não com as igualdades,” ou seja, as pessoas com necessidades especiais não tem oportunidades porque, a sociedade não aprende com as diferenças entre elas. Sendo assim, é evidente que a falta de inclusão faz com que as pessoas com deficiência sejam afastadas do meio social, o que pode provocar preconceitos contra elas.

Ademais, vale destacar que a violência é um impacto do capacitismo. Esse fato ocorre, devido a discriminação que as pessoas portadoras de deficiência sofrem, por conta de serem diferentes dos outros, exemplo disso, é os maus-tratos e os comentários maldosos por causa da sua deficiência. Nesse sentido, de acordo com o escritor francês Jean-Paul Sartre, ‘A violência, seja qual for a maneira como ela se manifesta, é sempre uma derrota ‘, isto, significa que não é somente violência física, mas também atos contra o psicológico da pessoa com deficiência. Desse modo, fica claro que a violência faz com que portadores de necessidades especiais sejam vítimas de discriminação, ocasionando problemas com a saúde mental.

Portanto, medidas são necessárias para combater o capacitismo. Logo, cabe o Poder Legislativo, cujo a função é produzir leis, punam os indivíduos que é contra a inclusão de pessoas com deficiência na sociedade, por meio de criação de leis específicas para tal ato, com a finalidade de garantir a inclusão social. Dessa forma, diminuíram os casos de violência e preconceito contra pessoas com deficiência.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por Sooofll
Quantidade de postagens Amigos
#129150
Oii, Sabina. Tudo bem?
Desculpa por não responder todos os seus textos, está sendo muito difícil de ter tempo para visualizar o blog.
De qualquer forma, irei corrigir esse seu texto pois finalmente consegui algum tempoooo :D
Lembrando que eu não sou nenhuma especialista, só gostaria de te ajudarrr ;)


Vamos lá,]]



Introdução:
A constituição Federal brasileira de 1988, (1) prevê que todos ( o que?) iguais perante a lei, independente d(a) e raça, cor ou gênero. No entanto, essa igualdade não é a realidade das pessoas com deficiência, uma vez que ocorre o capacitismo (2). Nessa expectativa, note-se que o preconceito é um grave problema que impede a participação de pessoas com deficiência na sociedade brasileira. Sob essa ótica, dois fatores não podem ser negligenciados: a falta de inclusão e a violência. (3)

(1) - NUNCA separe sujeito de seu predicado. A vírgula foi utilizada de forma inadequada.
(2) - Achei um pouco superficial, mas tudo bem, se houve a ativação do tema não posso descontar pontos.
(3) - Bem.... acho que esses dois últimos períodos ficaram como um tipo de apresentação da tese. Não precisa disso, apenas um período seria o bastante. Além disso, a falta de inclusão e a violência entrariam como consequência do preconceito, então acho que você poderia reformular isso. Vou deixar um exemplo aqui:

" A Constituição Federal Brasileira de 1988 prevê que todos os cidadãos são iguais perante a lei, independente da raça, cor ou gênero. No entanto, essa legislação permanece anacrônica, haja vista o panorama social brasileiro, o qual muitas pessoas que portam deficiências são vitimas do capacitismo. Dessa forma, o preconceito e a falta da aplicação de legislações eficazes fazem parte de medidas que potencializam o enriquecimento do óbice no Brasil."

--------------- A consequência você poderia deixar para apresentar no D1 e D2.


D1:
Em primeira análise, é importante ressaltar que a falta de inclusão é o principal motivo (4)do capacitismo no Brasil. Isso acontece, devido a falta de oportunidades para as pessoas com deficiência dentro da sociedade, (4,5) não somente no mercado de trabalho, mas também no meio social, como por exemplo nas vagas de empregos em cargos importantes e convívio com outras pessoas. Nesse contexto, segundo o educador brasileiro, Paulo Freire, “A inclusão acontece quando se aprende com as diferenças e não com as igualdades,” ou seja, as pessoas com necessidades especiais não tem oportunidades porque, a sociedade não aprende com as diferenças entre elas(5) . Sendo assim, é evidente que a falta de inclusão faz com que as pessoas com deficiência sejam afastadas do meio social, o que pode provocar preconceitos------------- CAUSA contra elas. (6)

(4) - A falta de inclusão não seria o motivo, mas sim a consequência, levando em consideração o preconceito.
(4,5) - Isso também atua como consequência.
(5) - Eu acho muito arriscado colocar sua argumentação antes do repertório. Para relacionar ficaria melhor apresentar o repertório primeiro.
(6) - A CAUSA seria o PRECONCEITO, como argumento você poderia trazer as questões de ser a causa e suas CONSEQUÊNCIAS no meio social - INCLUSÃO e FALTA DE OPORTUNIDADES.


D2:
Ademais, vale destacar que a violência é um impacto do capacitismo. Esse fato ocorre, devido a discriminação que as pessoas portadoras de deficiência sofrem(7), por conta de serem diferentes dos outros, exemplo disso, é os maus-tratos e os comentários maldosos por causa da sua deficiência. Nesse sentido, de acordo com o escritor francês Jean-Paul Sartre, (1) ‘A violência, seja qual for a maneira como ela se manifesta, é sempre uma derrota ‘, isto, significa que não é somente violência física, mas também atos contra o psicológico da pessoa com deficiência. Desse modo, fica claro que a violência faz com que portadores de necessidades especiais sejam vítimas de discriminação, ocasionando problemas com a saúde mental. (8) (9)

(7) - Ficou bastante redundante. Tente sempre se aprofundar sobre o tema. Isso que você trouxe seria mais as consequências.
(8) - Tente reformular seu parágrafo, colocar o repertório como segundo período te ajudará e rever melhor suas ideias para contextualizar.
(9) - CUIDADO COM AS VÍRGULAS.


Conclusão:
Portanto, medidas são necessárias para combater o capacitismo. Logo, cabe o Poder Legislativo, cujo a função é produzir leis, punam (punir) os indivíduos que é (são) contra a inclusão de pessoas com deficiência na sociedade, por meio de criação de leis específicas para tal ato, com a finalidade de garantir a inclusão social. Dessa forma, diminuíram os casos de violência e preconceito contra pessoas com deficiência.

(10) - Para tal.
5/5 elementos - PARABÉNS!
-- Como você só situou o preconceito indiretamente como causa, a proposta está coerente ao que foi dito. Mas lembre de colocar outra causa e não as consequências na introdução.

É isso, Sa.
Espero ter ajudado.
Qualquer dúvida é só comentar.
Bons estudos!

Continue a nadar, continue a nadar....
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
1169 Exibições
por Cr95
2 Respostas 
330 Exibições
por OlrenBeat
0 Respostas 
190 Exibições
por Castru
3 Respostas 
136 Exibições
por Thalya17
0 Respostas 
87 Exibições
por Aland
1 Respostas 
87 Exibições
por Zenebra
0 Respostas 
65 Exibições
por dnpitangui
0 Respostas 
77 Exibições
por Jenny2211
0 Respostas 
86 Exibições
por Paulin123
2 Respostas 
910 Exibições
por GeovanaAnt

Em sua obra "Utopia", o fil&oacu[…]

O cigarro eletrônico foi criado em 2005 pelo[…]

O escritor Carlos Drummond de Andrade, em seu poem[…]

Aldous Huxley defende: "Os fatos nã[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM