Avatar do usuário
Por Thalya17
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#120303
Medidas para o enfrentamento da corrupção na área da saúde no Brasil

A Constituição de 1988 garante a todos os indivíduos o acesso à saúde como direito de todos os cidadãos. No entanto, percebe-se que na atual realidade brasileira não há o comprimento dessa garantia, no que diz respeito ao bem-estar físico,mental e social da população. Dessa forma, essa realidade se deve a inoperância estatal e à desigualdade social.
Em primeiro plano, é válido destacar que a displicência estatal colabora com esse cenário. O conceito filosófico de contrato social, popularizado na Europa do século XVIII, evidencia que é do Estado garantir direitos básicos aos indivíduos, como o bem-estar físico e mental. Todavia, ver-se a quebra desse contrato em relação à corrupção na área da saúde, tendo em vista que o Brasil não oferta uma boa qualidade de vida e,quando oferta, separa uma parte da população . Diante desses fatos apresentados, é imprescindível uma ação do governo para mudar essa realidade.
Ademais, a desigualdade social motiva a perpetuação da corrupção no setor da saúde. Nesse sentido, no Período Colonial, apenas a minoria rica tinha acesso a vida bem cuidada, enquanto a população excluída, a que não possuía dinheiro, dependia de caridade e da filantropia. À vista disso, as pessoas de baixa renda são afetados pela mazela relacionado ao Brasil Colônia, já que a sociedade brasileira necessita de políticas pública que tenham rapidez nas filas de espera e que todos os cidadãos sejam tratados com igualdade.
É urgente, portanto, que o Ministério da saúde -- órgão responsável pela prevenção e assistência a saúde pública - amplie verba destinada a órgãos fiscalizadores que visem garantir a vitalidade da sociedade brasileira. Tal ação deve ser efetivada pela implantação de um Projeto Nacional de Valorização dos Cidadãos, de modo a realizar palestras e debates com o intuito de diminuir com as filas no SUS. Essa iniciativa terá a finalidade de mobilizar as autoridades públicas, de modo que o Brasil seja, de fato, uma nação livre, justa e igualitária.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Avatar do usuário
Por OlrenBeat
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#120333
Olá! Vou analisar a sua redação de acordo com os critérios do Enem.

No geral, você apresentou uma estrutura dissertativo-argumentativa em seu texto, com introdução, desenvolvimento e conclusão. No entanto, é importante destacar alguns pontos que podem ser melhorados para tornar o seu texto mais coeso e coerente.

Na introdução, você abordou bem o tema ao mencionar a garantia constitucional do acesso à saúde como direito de todos os cidadãos. No entanto, faltou uma tese clara que indicasse qual seria o problema central a ser discutido no texto.

No desenvolvimento do primeiro parágrafo argumentativo, você mencionou a inoperância estatal como um dos motivos para a falta de cumprimento dessa garantia. Porém, não trouxe exemplos ou evidências concretas para embasar essa afirmação. Seria interessante citar casos específicos de corrupção na área da saúde ou dados sobre a qualidade precária dos serviços oferecidos pelo Estado.

No segundo parágrafo argumentativo, você abordou corretamente a desigualdade social como outro fator que contribui para essa realidade. No entanto, houve uma mistura entre informações históricas (Brasil Colônia) e problemas atuais relacionados à falta de políticas públicas efetivas. É importante manter um foco claro no presente e trazer exemplos contemporâneos que ilustrem as consequências da desigualdade social na área da saúde.

Na proposta de intervenção apresentada na conclusão do texto, é positivo sugerir um aumento na verba destinada aos órgãos fiscalizadores e implementação de um projeto de valorização dos cidadãos. No entanto, é necessário detalhar melhor como essa proposta será executada, quem serão os agentes responsáveis pela ação e qual o impacto esperado.

Além disso, ao longo do texto, é importante prestar atenção à organização das ideias e à coesão textual. Utilize conectivos adequados para articular as partes do texto e garantir uma progressão lógica das informações apresentadas.

No geral, sua redação possui potencial, mas precisa ser mais desenvolvida em termos de argumentação embasada em exemplos concretos e na elaboração da proposta de intervenção. Lembre-se também de revisar a estrutura gramatical e ortográfica do seu texto para evitar erros que possam comprometer a compreensão da mensagem.

Espero ter ajudado! Se tiver mais alguma dúvida ou precisar de esclarecimentos adicionais, estou à disposição.

Sua redação possui 12 desvios!
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
7 Respostas 
552 Exibições
por Lauany25
3 Respostas 
133 Exibições
por Thalya17
0 Respostas 
70 Exibições
por Jenny2211
1 Respostas 
201 Exibições
por Kayokrys
0 Respostas 
1098 Exibições
por Cr95
0 Respostas 
176 Exibições
por Castru
0 Respostas 
70 Exibições
por Aland
0 Respostas 
60 Exibições
por Jai123456
0 Respostas 
58 Exibições
por dnpitangui
0 Respostas 
80 Exibições
por Paulin123

Crítico. Tolerante. Consciente. Esperan&cce[…]

Desde o período antigo, filósofos co[…]

O trabalho sempre foi alvo de uma suposta valoriza[…]

Como tudo no mundo, os recursos tecnológico[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM