• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por LindaGlahy
Quantidade de postagens
#64371
Durante o período renascentista, artistas como Michelangelo e Leonardo da Vinci usavam da métrica para pintar e esculpir corpos humanos sarados e rostos simétricos, almejando a perfeição. Infelizmente, no Brasil, a busca pelo perfeito se trata de esculpir os próprios corpos, mesmo que signifique pôr a própria saúde em risco. Dessa maneira, muitos brasileiros por não impor limites aos anseios estéticos, colocam suas vidas em risco e se tornam escravos do próprio corpo.
Como se expõe em "sociedade do espetáculo", do filósofo francês Guy Debord, a aparência se sobressai à existência e o parecer se torna mais importante que o ser. Atualmente, esse comportamento é mais expressivo entre os jovens, que almejam um corpo, dito pela sociedade, perfeito, e em busca dessa perfeição se submetem a procedimentos estéticos, potencialmente perigosos, pondo suas próprias vidas em jogo e sacrificando suas saúdes a custo de uma boa aparência.
Ainda, vale o alerta de que a vontade de um corpo inatingível vem atingido um público ainda mais jovem, como os adolescentes, que aprendem socialmente que um corpo sarado e um rosto simétrico são sinônimos de saúde e bem estar, tornando-os presas para as armadilhas estéticas. O universo estético os fazem acreditar que quanto mais belo forem, mais felizes serão, transformando-os em escravos de seus próprios corpos, colocando suas saúdes em xeque.
Portanto, medidas são necessárias para barrar esse impasse. A ação do ministério da saúde em parceria do ministério da educação em fazer um projeto de lei, a ser entregue à câmara de deputados, que visa alertar e orientar crianças e adolescentes sobre os riscos acerca da busca estética pela perfeição irreal por meio de palestras e rodas de conversa nas escolas, a fim de criar uma sociedade crítica, capaz de impor limites a estética em favor da saúde.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

jherodrigues , Deivid16 , Bom, em algumas parte[…]

Reflexos da tela preta

jherodrigues , simplesmente adorei sua corre&cced[…]

Sabe-se que, a inclusão é um tema re[…]

O racismo no Brasil, é um empecilho desde o[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM