Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por manuszwx
#46805
Na nossa sociedade contemporânea o padrão de beleza imposto tem causado um grande reboliço, provocando o crescimento gradual da procura pelos procedimentos cirúrgicos e estéticos. Na era da comunicação digital, tudo fica mais fácil, inclusive a divulgação da beleza idealizada, assim a necessidade de uma intervenção no seu corpo, surge cada vez mais, trazendo como bagagem um turbilhão de sentimentos confusos, que abalam sua autoestima, podendo provocar danos tanto físicos como psicológicos.
O estigma de corpo perfeito é imposto todos os dias. Nas bancas de revistas, novelas, comerciais, homens e mulheres com corpos torneados exibem a "perfeição" e ditam como manter a forma, muitas vezes, com uso de produtos caros e com um estilo de vida acessível para poucos. Diante disto, a febre da baixa autoestima vem tomando conta do mundo, se fazendo presente principalmente na vida dos jovens da nova geração, no universo das mídias sociais, o qual o jovem já está familiarizado, faz com que o mesmo sinta nojo de si, despertando a angústia e solidão daquele, por ser "diferente" do modelo estipulado, assim, os sentimentos de tristeza, medo e crises começam a fazer parte da vida do ser, impulsionando a ansiedade, depressão e pensamentos suicidas. Pessoas frustradas a todo momento, dietas que prometem resultados instantâneos, greve de fome, academia X vezes por dia e tantas outras coisas ditadas pela sociedade, são mais um complemento para o desequilíbrio da próxima fase da humanidade, o culto ao corpo é uma prática que, frequentemente, está associada a várias condições psicológicas graves, como a anorexia, bulimia e vigorexia, que afetam significativamente a saúde de quem comete esses excessos. Não estar satisfeito com o seu corpo é normal, ninguém além de você pode mudar isto, mas de forma que, não venha a interferir ou agredir sua saúde física ou mental, fazendo o possível para que o seu objetivo seja alcançado, dentro dos seus limites, necessidades e vontades próprias, não deixando que o estereótipo social confronte seus desejos ou satisfações, e a faça modificar a sua essência, o seu verdadeiro jeito de ser, tanto exteriormente, quanto interiormente.
Portanto, utilizar deste artifício de comunicação global que temos em nossas mãos para impactar pessoas com o nosso conhecimento quanto ao tema e fornecer parâmetros da realidade, é um grande passo para o rompimento dessas correntes de beleza idealizada e tantos outros assuntos, sabendo que, esse "padrão" não será exterminado tão rapidamente, pois já está enraizado na vida social do ser humano, mas com pequenos passos, podemos gerar grandes frutos e fortalecer o nosso propósito.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

No romance “A escrava Isaura”, o anta[…]

XxDamastco , evite dar dicas indevidamente e hora[…]

Promulgada pela ONU em 1948, a Declaraç&ati[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM