Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por Liny
#41385
No filme O Crime De Padre Amaro, é narrado a história entre, o Padre Amaro e uma de suas fiéis, ao final do filme essa fiel engravida e é "obrigada" a cometer um aborto, numa clínica clandestina onde juntamente ao feto vêm a óbito. Assim como no filme, o aborto para muitas mulheres é a única opção, contudo, gera divergência entre a população quanto a sua legalização, no Brasil. Nesse sentido, o aborto gera contraste de opiniões, devido a falta de debate e a uma falha educacional.

Primeiramente, é preciso salientar que o silenciamento é uma causa latente das discordâncias sobre a legalização do aborto no Brasil. De acordo com Foucault, na sociedade pós-moderna muitos temas são silenciados para que estruturas de poder sejam mantidas. Diante disso, verifica-se uma lacuna em torno dos debates sobre a legalização do aborto no Brasil, para que os pilares de uma sociedade ainda conservadora, não sejam abalados, o que dificulta a resolução do referente problema, já que há o desconhecimento em parte da população sobre o que realmente significa a "legalização do aborto".

Em segundo plano, outra causa das discordâncias sobre a legalização do aborto no Brasil é a lacuna educacional existente quanto a educação sexual. Segundo Kant, o ser humano é resultado da educação que teve. Sob essa lógica, a falta de orientação desde a educação básica, gera desconhecimento de muitas mulheres sobre os métodos contraceptivos e também as causas e consequências de um aborto. Essa lacuna educacional está expressa, quando em 2020, só no primeiro semestre, ao menos 642 meninas de dez a catorze anos foram
internadas no SUS para fazer um aborto, seja por decisão médica ou por complicações na gravidez.

Portanto, uma intervenção faz-se necessária. Para isso, o poder Legislativo e o Ministério da Educação podem respectivamente, revogar a lei que criminaliza o aborto, o tornando legal, e incluir na grade curricular, desde a educação básica, uma educação sexual de qualidade para todos. Assim, o aborto torna-se "permitido, seguro e raro".
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A Questâo do

O Filme “O Gambito da Rainha”, conta a[…]

No livro "Vidas Secas", de Graciliano Ra[…]

Conforme a 4a Revolução Industrial, […]

Sua nota ficou 780, parabéns! Tente trazer […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM