Avatar do usuário
Por Eli79
Quantidade de postagens
#122175
É de conhecimento que perante a constituição brasileira, todas as pessoas nascidas no país possuem o direito ao seu registro civil, ou seja fazem jus a sua certidão de nascimento. Porém, ainda há fatores que dificultam o efetivo exercício desse direito. Causando assim, a invisibilidade e não garantia de acesso à cidadania aos brasileiros não portadores de seu registro civil. A ausência de políticas públicas voltadas para a cidadania no Brasil e a carência populacional sobre os conhecimentos de seus direitos civis contribuem para retroatividade desse cenário nacional.
A urbanização brasileira ocorreu fortemente durante os anos de 1970 e 1980, com a migração de milhares de pessoas para a cidade, houve um aumento significativa da taxa de natalidade no país. Logo, se viu a necessidade de fortalecer e ampliar as políticas públicas voltadas para o acesso à cidadania no Brasil. No entanto, a fragilização destas políticas públicas tornou-se notória, até os dias atuais, o enfraquecimento nos direitos fundamentais são exarcebadamente assertivos. O direito fundamental de ter o seu registro civil é negligênciado, sendo ele o percurso dos demais. Sem possuir a sua certidão de nascimento, a pessoa não poderá ter acesso aos demais direitos citados nas políticas públicas como o acesso à educação, saúde e saneamento básico. Ferindo assim, a declaração universal dos direitos humanos.
Além disso, o desconhecimento da população brasileira sobre os seus direitos dificulta a diminuição deste fator alarmante. Desde 1997 o registro civil no Brasil é gratuito, todavia, o número de pessoas que são consideradas indigentes por não possuir sua certidão de nascimento, mais que duplicou entre os anos de 2019 e 2020 segundo o Instituto Brasileira de Geografia e Estatística - IBGE . Este dado ocorre pelo fato de o estado não ampliar as políticas públicas de conhecimento a cidadania, impedindo o reconhecimento populacional sobre seus direitos, assegurados pela atual Constituição Federal de 1988.
Portanto, é urgente a intervenção do Governo Federal, juntamente com o Ministério da Segurança e Secretárias de Segurança Pública e Defesa Social, reforça a criação de novas políticas públicas que assegurem o direito fundamental ao registro civil. Apresentadas para toda a população brasileira através de palestras nas escolas e organizações que visem a garantia a cidadania de todos. De formas que viabilizem a equidade, a disseminação de informações sobre o tema, poderia ser realizada em palestras via presencial ou virtual, nutrindo assim a igualdade entre todos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Avatar do usuário
Por Eli79
Quantidade de postagens
#122176
Eli79 escreveu:É de conhecimento que perante a constituição brasileira, todas as pessoas nascidas no país possuem o direito ao seu registro civil, ou seja fazem jus a sua certidão de nascimento. Porém, ainda há fatores que dificultam o efetivo exercício desse direito. Causando assim, a invisibilidade e não garantia de acesso à cidadania aos brasileiros não portadores de seu registro civil. A ausência de políticas públicas voltadas para a cidadania no Brasil e a carência populacional sobre os conhecimentos de seus direitos civis contribuem para retroatividade desse cenário nacional.
A urbanização brasileira ocorreu fortemente durante os anos de 1970 e 1980, com a migração de milhares de pessoas para a cidade, houve um aumento significativa da taxa de natalidade no país. Logo, se viu a necessidade de fortalecer e ampliar as políticas públicas voltadas para o acesso à cidadania no Brasil. No entanto, a fragilização destas políticas públicas tornou-se notória, até os dias atuais, o enfraquecimento nos direitos fundamentais são exarcebadamente assertivos. O direito fundamental de ter o seu registro civil é negligênciado, sendo ele o percurso dos demais. Sem possuir a sua certidão de nascimento, a pessoa não poderá ter acesso aos demais direitos citados nas políticas públicas como o acesso à educação, saúde e saneamento básico. Ferindo assim, a declaração universal dos direitos humanos.
Além disso, o desconhecimento da população brasileira sobre os seus direitos dificulta a diminuição deste fator alarmante. Desde 1997 o registro civil no Brasil é gratuito, todavia, o número de pessoas que são consideradas indigentes por não possuir sua certidão de nascimento, mais que duplicou entre os anos de 2019 e 2020 segundo o Instituto Brasileira de Geografia e Estatística - IBGE . Este dado ocorre pelo fato de o estado não ampliar as políticas públicas de conhecimento a cidadania, impedindo o reconhecimento populacional sobre seus direitos, assegurados pela atual Constituição Federal de 1988.
Portanto, é urgente a intervenção do Governo Federal, juntamente com o Ministério da Segurança e Secretárias de Segurança Pública e Defesa Social, reforça a criação de novas políticas públicas que assegurem o direito fundamental ao registro civil. Apresentadas para toda a população brasileira através de palestras nas escolas e organizações que visem a garantia a cidadania de todos. De formas que viabilizem a equidade, a disseminação de informações sobre o tema, poderia ser realizada em palestras via presencial ou virtual, nutrindo assim a igualdade entre todos.
0
Avatar do usuário
Por Eli79
Quantidade de postagens
#122177
Alguém poderia corrigir ? Desde já agradeço.
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
262 Exibições
por Kawanna
0 Respostas 
65 Exibições
por meborges
0 Respostas 
90 Exibições
por Edinareis
4 Respostas 
221 Exibições
por Felipe082
0 Respostas 
212 Exibições
por Mariana06
3 Respostas 
149 Exibições
por Pxvesq
1 Respostas 
206 Exibições
por mundodesoph
0 Respostas 
44 Exibições
por crol
0 Respostas 
139 Exibições
por alunmalu567
1 Respostas 
81 Exibições
por OlrenBeat
Apenas Teoria

- Repetição de palavras/artigos mais[…]

Trabalho Infantil

- Introdução, desenvolvimentos e con[…]

Excelente argumentação, e tenta enc[…]

Palavras/artigos repetidos durante a redaç[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM