• Avatar do usuário
#83237
Na saga literária "Maze Runner", escrita por James Dashner, os personagens principais se encontram em uma clareira fechada, onde a única coisa que eles sabem sobre si são seus nomes. Sem documentos ou registros, a fim de descobrir quem são, eles vão em busca de suas identidades. Semelhante à saga, muitos brasileiros sabem seus nomes, mas não possuem os documentos necessários para que sejam oficialmente reconhecidos. Dessa forma, tanto a presença de desafios para a realização dos documentos quanto a falta de incentivo estatal são fatores que contribuem para a permanência desse impasse na vida de milhões de brasileiros.

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que ser reconhecido como cidadão é algo essencial para todos. Como disse o filósofo Thomas Hobbes, é dever do Estado garantir o bem-estar social. No entanto, esse bem-estar não pode ser alcançado enquanto uma parte da população não tem seus direitos garantidos por não serem registrados como cidadãos. Camadas mais pobres, como mostra uma tese apresentada na Fundação Getúlio Vargas, são as que representam os principais cidadãos sem o documento. Portanto, nota-se que ainda há impasses para que esse bem-estar seja presente para todos.

Outrossim, é essencial ter o incentivo do governo e dos meios de mídia para que a população busque a sua cidadania. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de dois milhões de pessoas não possuem registro de nascimento, mesmo que esse seja um documento gratuito. Dessa maneira, é clara a necessidade de se reforçar a importância da busca por esse registro no país.

Em suma, é notório que torna-se imprescindível a tomada de ações para diminuir o número de pessoas sem registro civil no Brasil. Por conseguinte, cabe ao Governo Federal, em parceria com os estados e munícios, facilitar a realização da certidão de nascimento, com atendimento domiciliar para aqueles que possuem impasses para se transportarem em busca do documento, além de tornar obrigatório a realização do registro durante a maternidade no hospital para os recém-nascidos. Ademais, é de extrema importância que os meios de mídia também realizem campanhas conscientizadoras sobre a importância do registro. Dessa maneira, todos poderão ter sua verdadeira cidadania garantida e sua identidade respeitada.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Anna1 xIsabellasz vingrid KarllaViit Pe[…]

se puderem corrigir essa redação, fi[…]

Parabéns amiga! :)

O quadro expressionista "O grito" do pin[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM