• Avatar do usuário
#82636
Segundo a Constituição Federal de 1988, todos os indivíduos devem usufruir dos direitos básicos e visibilidade por parte do Estado. No entanto, essa prática não ocorre na atualidade brasileira, uma vez que a invisibilidade do registro de nascimento não garante uma democracia a cidadania do povo. Isso sucede, não só pelas negligências estatais, como também, pela desvalorização humana financeira.

Primeiramente, vale ressaltar que a falta de apoio governamental implica no revés. Segundo contratualista Thomas Hobbes, o Estado deve garantir os direitos simples dos cidadãos, pois uma vez não praticados, descumprem com a teoria reivindicada. Dessa forma, é visível que uma vez esses recursos não oferecidos de forma facilitada, esses indivíduos não são expostos como cidadão no âmbito social, ou mesmos são classificados como invisíveis. Com isso é notório, que enquanto nada for feito a problemática permanecerá viva no país.

Ademais, a carência de meios financeiros carregados por parte da população corrobora no impasse. Na obra Moriarty -O Patriota, é retratada uma crítica a sociedade de classes em que as feridas sociais são frutos do comportamento do povo. Fora da ficção, a realidade persiste no que se refere a conduta da nação ,pois carentes da certidão de nascimento não cumpre um papel de indivíduos para os governantes, ou mesmo em melhorias de vida a busca de novos documentos que garantam a educação e trabalho dos mesmos. Nesta óptica, imprescindível que as populações ainda desfrutem de elevados desafios no Brasil.

Diante do exposto, medidas para solucionar a inexistência populacional frente ao registro civil devem ser impostas. Assim, o Estado, órgão responsável pelo bem-estar social, deve fortalecer leis que impõe gratuidade ao registro de vida, através de maiores pontos a esse encargo nas cidades, com a finalidade de garantir igualdade a todas as pessoas em que se beneficiarem destes aparatos. Além disso, cabe aos poderes públicos, juntamente com as mídias, através das redes sociais e televisas, informar a necessidade em se obter essa documentação pessoal. Feito isso, a lei de igualdade imposta pela Constituição, citada anteriormente, será legalmente posta em prática.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Muito Obrigado

A Constituição Federal de 1988 prev&[…]

Anna1 xIsabellasz vingrid KarllaViit Pe[…]

se puderem corrigir essa redação, fi[…]

Parabéns amiga! :)

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM