Avatar do usuário
Por Tiago2112
Quantidade de postagens
#82547
Sobre o constante debate relacionado ao acesso de camadas específicas da sociedade a direitos assegurados constitucionalmente, debruçou-se o não registro de uma parcela considerável da população, haja vista que fatores como negligência governamental e aumento desordenado das urbes contribuíram para a ocorrência deste fenômeno.
Em primeira análise, a ineficiência dos órgãos ligados ao Governo teve notória participação no reconhecimento oficial de vida tanto de jovens, quanto também de idosos. A carência de investimentos fiscais na logística das instituições que dispõe de tal serviço foi de encontro ao Contrato Social, previsto pelo filósofo inglês John Locke, cuja ideia central é a atuação ativa do Estado em prover condições de necessidades intrínsecas ao ser humano.
Sob uma segunda ótica, o crescimento desenfreado dos centros urbanos fomentou, consequentemente, a alta nos índices de natalidade. Essa expansão repentina deu espaço para que muitos indivíduos não confirmassem diante do corpo governamental a própria existência. Acrescido a este fato, a dificuldade financeira e localização geográfica estiveram de acordo com as estatísticas fornecidas pelo IBGE, nas quais a região sudeste apresenta 1,15 milhão de pessoas sem nascimento comprovado, visto se tratar de uma localidade de intensa industrialização e acúmulo de população – majoritariamente nas periferias.
Portanto, a fim de atuar em consonância a seu dever considerado na Magna Carta de 1988, caberia ao Ministério da Cidadania instituir auxílios monetários para organizações responsáveis pela produção e confirmação de vida, ademais, contribuir financeiramente com vales-transportes direcionados àqueles com baixa renda. A atender o respeito comum, estaria ainda sob encargo do Ministério da Cidadania, assim como o da Educação, órgãos associados ao bem-estar e conscientização coletivos, introduzir nas emissoras televisivas periódicos que ilustrem claramente a real situação das famílias que vivem enfrentando a invisibilidade civil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Avatar do usuário
Por Tiago2112
Quantidade de postagens
#82874
Boa noite, caro @gabrielgd33, queria pedir novamente sua ajuda para corrigir a redação que escrevi nessa edição do Enem (e caso outros desejam efetuar a correção, serei grato por isso).
Agradeço desde já!
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
3 Respostas 
2092 Exibições
por Katsmoking
0 Respostas 
188 Exibições
por Riavda
1 Respostas 
153 Exibições
por anaclaradll
2 Respostas 
139 Exibições
por Katsmoking
0 Respostas 
129 Exibições
por alice2
0 Respostas 
115 Exibições
por KarolRs
0 Respostas 
133 Exibições
por Islavitoria1
0 Respostas 
115 Exibições
por letiicia122
0 Respostas 
111 Exibições
por Eduardo2565
0 Respostas 
114 Exibições
por Ebson

Muito bom, da uma olhada nas redaçõe[…]

Ao afirmar em sua célebre canç&atild[…]

O debate

Em 2021, o famoso cantor sertanejo, Zé Neto[…]

Desastres Ambientais

Greta Thunberg é uma jovem ativista que lut[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM