• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Evi
#92502
A Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê no seu Artigo, 6°, o direito à saúde como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase, na prática, quando se observa a invisibilidade e o registro civil, dificultando, desse modo, a universalização desse direito social tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.
Em primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater a invisibilidade social. Nesse sentido, indivíduos que não possuem certidão de nascimento e/ou documentação básica para vacinas e exames precoces estão com sua vida exposta a grandes riscos. Essa conjuntura, segundo as ideias do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do "contrato social", já que o Estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis como a saúde, o que infelizmente é evidenciado no país.
Ademais, é fundamental apontar o círculo familiar como impulsionador da invisibilidade e registro civil no Brasil. Segundo dados do site estúdio.r7, somente na região sudeste do país, mais de 1, 10 milhões de indivíduos não apresentam certidão de nascimento. Diante de tal exposto, esses milhões de brasileiros sem registo não apresentam direitos básicos e essenciais para uma vida digna e confortável, gerando assim, diversos empecilhos na saúde de tais. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.
Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o Estado por intermédio da capacitação profissional adequada, redirecionar estes agentes para a fiscalização, controle da natalidade e dos registros civis, de modo com que todos os brasileiros possuírem a documentação completa. Assim se consolidará uma sociedade mais igualitária, onde o Estado desempenha corretamente seu "contrato social", tal como afirma John Locke.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
217 Exibições
por fernandaz3
0 Respostas 
54 Exibições
por Mary0407
0 Respostas 
42 Exibições
por CamilaGR
6 Respostas 
296 Exibições
por Mylike
3 Respostas 
1957 Exibições
por Katsmoking
3 Respostas 
311 Exibições
por thay01
0 Respostas 
169 Exibições
por Riavda
1 Respostas 
136 Exibições
por anaclaradll
2 Respostas 
125 Exibições
por Katsmoking
0 Respostas 
111 Exibições
por saramoraes12
A desregulação do mundo

Alberto Demenstein, em seu livro"O Cidad&[…]

Foi na Grécia antiga onde começou a […]

Compromisso do empreendedor

Educação Fiscal é conjunto el[…]

1 bez

Ola, tudo bem? Vou te dá uma breve corre&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM