• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por BrunaTSoares
#64276
Não tem vez mais para a intolerância



Segundo a constituição federal de 1988, todo cidadão é igual perante a lei, e a mesma lhe garante, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. Sendo assim, a intolerância não deveria ser um impasse na vida social de nenhum cidadão. Mas entretanto, existe muitos episódios na vida cotidiana que transpareça essa cena, tão corriqueira. Nesse sentido, esses desafios tem que ser combatidos para que não aconteça crueldades, para que se garanta uma vida social organizada.

São vários tipos de intolerância cometida nos tempos atuais, posso citar dois exemplos que são mais acometidos, como: “intolerância racial” e “intolerância religiosa”. São dois locais de falas diferentes, mas que se interligam em todos os sentidos. Em 2019 no Brasil, as denúncias de intolerância religiosas aumentaram cerca de 56% . Essa intolerância traz uma carga de eliminar as religiões originadas da África. Todo essas estatísticas traz um tremendo desolamento para a vida social do individuo que prática alguma dessas religiões.

Cerca de 54% da população brasileira é constituída por negros, mas mesmo sendo a maioria, existe uma sede em algum ponto da população racista em praticar esse tipo de delito social. No nosso país cerca de 71% das mortes são de pessoas negras. A cor preta, sempre foi tarjada como algo ruim, entretanto no contexto social nunca foi assim. Então podemos dizer que o Brasil é repleto de pessoas intolerantes sim, mas não se pode dizer que isso não tenha solução, porque afirmo que tem.

Estamos vivendo em um cenário aonde a vida social está completamente exposta, em redes socias principalmente. Se um usuário dessas redes, publica algo, ou, faz alguma ação que é contrária do gosto popular, ele é cancelado. É a maioria da população, felizmente entendeu que ser intolerante nesses casos não é de uma pessoa com a índole boa. A cabeça das pessoas já está formada que racismo e intolerância religiosa é crime, e são ideias contrarias dos tempos atuais.

Entretanto, não é um mar de rosas, a luta de quem sofre essas injúrias raciais e religiosas, é diária. É impossível que possamos ficar de braços cruzados esperando que isso tudo acabe sozinho, é tempo de reagir contra a essas pessoas que pregam essas intolerâncias. Ter a consciência que somos todos iguais e que nosso Deus é um só. Com tudo isso, é preciso que a sociedade e o governo reajam ao contrário a essas intolerâncias. Cabe a sociedade transmitir fazer campanhas explicando porque temos que banir isso do nosso meio social, e o governo deve implantar mais educação no meio social, para que quem cresça agora nesse século, não amadureça com a cabeça de seus antepassados.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Avatar do usuário
Por BrunaTSoares
#64278
Não tem vez mais para a intolerância



Segundo a constituição federal de 1988, todo cidadão é igual perante a lei, e a mesma lhe garante, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. Sendo assim, a intolerância não deveria ser um impasse na vida social de nenhum cidadão. Mas entretanto, existe muitos episódios na vida cotidiana que transpareça essa cena, tão corriqueira. Nesse sentido, esses desafios tem que ser combatidos para que não aconteça crueldades, para que se garanta uma vida social organizada.

São vários tipos de intolerância cometida nos tempos atuais, posso citar dois exemplos que são mais acometidos, como: “intolerância racial” e “intolerância religiosa”. São dois locais de falas diferentes, mas que se interligam em todos os sentidos. Em 2019 no Brasil, as denúncias de intolerância religiosas aumentaram cerca de 56% . Essa intolerância traz uma carga de eliminar as religiões originadas da África. Todo essas estatísticas traz um tremendo desolamento para a vida social do individuo que prática alguma dessas religiões.

Cerca de 54% da população brasileira é constituída por negros, mas mesmo sendo a maioria, existe uma sede em algum ponto da população racista em praticar esse tipo de delito social. No nosso país cerca de 71% das mortes são de pessoas negras. A cor preta, sempre foi tarjada como algo ruim, entretanto no contexto social nunca foi assim. Então podemos dizer que o Brasil é repleto de pessoas intolerantes sim, mas não se pode dizer que isso não tenha solução, porque afirmo que tem.

Estamos vivendo em um cenário aonde a vida social está completamente exposta, em redes socias principalmente. Se um usuário dessas redes, publica algo, ou, faz alguma ação que é contrária do gosto popular, ele é cancelado. É a maioria da população, felizmente entendeu que ser intolerante nesses casos não é de uma pessoa com a índole boa. A cabeça das pessoas já está formada que racismo e intolerância religiosa é crime, e são ideias contrarias dos tempos atuais.

Entretanto, não é um mar de rosas, a luta de quem sofre essas injúrias raciais e religiosas, é diária. É impossível que possamos ficar de braços cruzados esperando que isso tudo acabe sozinho, é tempo de reagir contra a essas pessoas que pregam essas intolerâncias. Ter a consciência que somos todos iguais e que nosso Deus é um só. Com tudo isso, é preciso que a sociedade e o governo reajam ao contrário a essas intolerâncias. Cabe a sociedade transmitir fazer campanhas explicando porque temos que banir isso do nosso meio social, e o governo deve implantar mais educação no meio social, para que quem cresça agora nesse século, não amadureça com a cabeça de seus antepassados.

@Ellaalves @eurodrigo
Por XxDamastco
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#64291
Correto:Quem garante, garante alguma coisa (Verbo transitivo direto)
Correto: Quem garante, garante algo (alguma coisa) a alguém.

Incorreto: Quem garante, garante a algo/alguém (V.T.Indireto)
Incorreto: Quem garante, garante a alguém a alguma coisa.
Assim, é cabível dizer que:
"e a mesma lhe garante, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade." . Está incorreto, pois garantir é verbo transitivo direto,e não indireto.

Organize sua introdução, procure palavras fáceis, não sei o que significa transparecer. Sugiro que adote "sociedade" e não "cabeça das pessoas" ou "pessoas". Estude conectivos. Estude gramática.
É um bom texto, mas está pouco organizado; melhore neste critério.

" Ter a consciência que somos todos iguais e que nosso Deus é um só"
Somente nesta pequena frase posso te dizer que tu está praticando intolerância religiosa, já que há religiões que acreditam em muitos deuses, e outras em só um. Atenção quando falar algo similar.

"Cabe a sociedade transmitir fazer campanhas explicando"
Cabe alguma coisa a alguém (alguém pode ser trocado por sociedade)(transmitir pode s. trocado por alguma coisa, invertendo a frase anterior: Cabe a alguém alguma coisa. Vualá).
Cabe à sociedade, o poder de transmitir.....

Procure concordância verbal e nominal.
Recomendo a gramática do Ernani Terra, download disponível no site da docero, é a melhor que já li, irá te ajudar bastante.

"Cerca de 54% da população brasileira é constituída por negros, mas mesmo sendo a maioria, existe uma sede em algum ponto da população racista em praticar esse tipo de delito social. No nosso país cerca de 71% das mortes são de pessoas negras. "
Donde foi retirado estes dados ? É necessário apresentar a fonte de quem realizou tal estimativa. Neste simples fato, digo que é necessário ler a cartilha de redação Enem, disponível no Google para download.

Qualquer dúvida pode me chamar. O resto deixo aos demais que tu mencionou.
Avatar do usuário
Por eurodrigo
Quantidade de postagens
#64351
Olá, Bruna. Tudo certo?

Como o colega já trouxe uma análise do seu texto, creio que não há necessidade de mais uma. Então, fica para a próxima. Ok?

Boa noite! Abs. :D

Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

A constituição Federal de 1988,docum[…]

No Brasil, cerca de 14 (quatorze) milhões d[…]

No Brasil, cerca de 14 (quatorze) milhões d[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM