Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por Rayna
#58181
Sob a respectiva filosófica de São Tomas Aquino, todos os indivíduos pertencentes a uma sociedade democrática possuem a mesma importância, além dos mesmos direitos e deveres. No entanto percebe-se que, no mundo em que vivemos hoje em dia, a Intolerância Religiosa se opõe ao conceito estabelecido, já que o preconceito e a discriminação fortificam cada vez mais para que esse cenário de desigualdade permaneça cada dia mais forte.

Ademais, percebe-se que os pensamentos preconceituosos se difundiram ao longo dos anos, perpetuando até os dias atuais. Para entendermos um pouco mais sobre isso, alude-se ao pensamento de Pierre Bourdieu a respeito do preconceito contra as religiões. De acordo com ele, os indivíduos tendem a reproduzir hábitos que foram, por muitos anos, repetidos. Assim o preconceito foi se cultuando pouco a pouco como não se sabiam muito sobre o assunto foram passando de geração a geração, e tal hábito foi se cultuando cada vez mais de maneira evidente por todo o território nacional, fato que foi se fortificando os paradigmas criados sobre o preconceito e a Intolerância Religiosa.

Infelizmente a descriminação, a Intolerância Religiosa ainda é uma realidade que se assola em muitas comunidades ao redor de todo o mundo. No Brasil, esse problema está relacionado majoritariamente ao racismo que um outro crime que é bastante praticado, pois a Intolerância Religiosa é praticada em uma escala muito maior, contra os adeptos de quaisquer seja a religião. No Brasil, a descriminação é um crime previsto pela Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, mais anos depois foi alterada pela Lei nº9.459, de 15 de maio de 1997.

A chave para combater a Intolerância Religiosa é o conhecimento e o respeito para com o próximo. Afinal, mesmo que uma pessoa não concorde com a religião do próximo é preciso aprender a conviver com as diferenças que existem. Como dizia Aristóteles, um grande pensador da antiguidade, que defendia a importância do conhecimento para a obtenção da plenitude da essência humana. Para o filósofo, sem a cultura, o conhecimento e a sabedoria, nada separa a espécie humana do restante dos animais
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 40

Você atingiu aproximadamente 20% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante apresenta proposta de intervenção vaga, precária, frágil, superficial, ou relacionada apenas ao assunto, de forma tangencial ao tema, isto é, sem se ater ao recorte temático solicitado.

A constituição federal de 1988, docu[…]

Para a pensadora Hannah Arendt, "a essê[…]

"Eu não trabalhava, eu não sabi[…]

gostei muito da sua redação, s&oacut[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM