• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Bruna189
Quantidade de postagens
#57614
Na obra de Voltare, "Um Tratado Sobre a Tolerância", é possível identificar a questão dos conflitos religiosos. Pois, desde os tempos remotos, muitas sociedades europeias queriam, além de defender sua religião, provar para outros povos que sua ideologia é a correta, mesmo que por meios violentos, como foi o caso das Cruzadas contra os Mouros. Todavia, não somente com questões religiosas há este tipo de conflito social. Mas atualmente, questões políticas, além de desrespeitos homofóbicos ou questões raciais ainda são tratados como discurso de ódio. Sendo assim, tal problemática precisa ser debatida.
Certamente a intolerância, seja ela, religiosa, sexual ou política, ainda é tratada com discurso de ódio. Pois, com a tecnologia e as redes sociais, foi possível discutir sobre diversos temas da atualidade de forma virtual ou seja, tal aspecto foi fundamental para acalorar discussões e dizer, muitas vezes utilizando-se de ameaças e palavras de baixo calão, um discurso de ódio abusivo e violento contra o próximo. Uma vez que, estando em redes virtuais, o agressor toma como princípio que não será oprimido no mundo físico.
Além disso, um exemplo atual de discurso de ódio está voltado na questão política brasileira. Visto que eleitores de direita e esquerda não aceitam a opinião avessa à sua e sentem-se no direito de desrespeitar o outro que pensa diferente. Pois, de acordo com um estudo recente do Datafolha, eleitores não estão mais querendo expor suas preferencias politicas com medo de represarias, dado o alto teor da disseminação do ódio que chegou a escolha politica. Dessa forma, é notório perceber que, até mesmo a escolha do voto, que é um dever constitucional de direito se reflete como algo errado, dado o desrespeito que o discurso de ódio gera.
Portanto, é importante combater a intolerância em redes sociais e na internet, com o intuito de frear a propagação do ódio nesses meios comunicativos, demonstrando que, mesmo no mundo virtual, haverá consequências judiciais no mundo real. Ademais, é importante também o poder que a mídia possui na disseminação de ideias que fundamentam a prática da não violência, frente a uma ideia oposta ou orientações diferentes, sejam elas politicas sexuais ou raciais. Pois, o pensar diferente é oposto a defender o massacre sobre a ideia alheia.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#57621
Na obra de Voltare, "Um Tratado Sobre a Tolerância", é possível identificar a questão dos conflitos religiosos. Pois, desde os tempos remotos, muitas sociedades europeias queriam, além de defender sua religião, provar para outros povos que sua ideologia é a correta, mesmo que por meios violentos, como foi o caso das Cruzadas contra os Mouros. Todavia, não somente com questões religiosas há este tipo de conflito social. Mas atualmente, questões políticas, além de < não repita termos] desrespeitos homofóbicos ou questões raciais ainda são tratados como discurso de ódio. Sendo assim, tal problemática precisa ser debatida.

Certamente, a intolerância, seja ela, religiosa, sexual ou política, ainda é tratada com discurso de ódio. [trocar conectivo] Pois, com a tecnologia e as redes sociais, foi possível discutir sobre diversos temas da atualidade de forma virtual, ou seja, tal aspecto foi fundamental para acalorar discussões e dizer, muitas vezes utilizando-se de ameaças e palavras de baixo calão, um discurso de ódio abusivo e violento contra o próximo. Uma vez que, estando em redes virtuais, o agressor toma como princípio que não será oprimido no mundo físico.
* Atenção na pontuação, uso de vírgulas

Além disso, um exemplo atual de discurso de ódio está voltado na questão política brasileira. < juntar frases > Visto que eleitores de direita e esquerda não aceitam a opinião avessa à sua e sentem-se no direito de desrespeitar o outro que pensa diferente. [trocar conectivo, poderia deixar somente o de acordo] Pois, de acordo com um estudo recente do Datafolha, eleitores não estão mais querendo expor suas preferencias políticas com medo de represarias, dado o alto teor da disseminação do ódio que chegou a escolha política. Dessa forma, é notório perceber que, até mesmo a escolha do voto, que < cuidado com a repetição de que, use outros pronomes] é um dever constitucional de direito se reflete como algo errado, [evite repetir palavras, termos, conectivos > dado o desrespeito que o discurso de ódio gera.
* Invista mais em sinônimos

Portanto, é importante combater a intolerância em redes sociais e na internet, com o intuito de frear a propagação do ódio nesses meios comunicativos, demonstrando que, mesmo no mundo virtual, haverá consequências judiciais no mundo real. Ademais, é importante também o poder que a mídia possui na disseminação de ideias que fundamentam a prática da não violência, frente a uma ideia oposta ou orientações diferentes, sejam elas politicas sexuais ou raciais. [trocar conectivo] Pois, o pensar diferente é oposto a defender o massacre sobre a ideia alheia.
* Sugiro escrever a redação com uma tabela de conectivos do lado e com o site do sinônimos aberto
#57906
Tema da redação : Desafios para a formação educacional de surdos no brasil

No Brasil , existe 10,7 milhões de pessoas com deficiência auditiva , a surdez atinge 54% dos homens e 46% das mulheres de acordo com o instituto locomotiva e a semana da acessibilidade surda.
Milhares de pessoas surdas , no brasil , lutam pela representatividade desejada que , foi tomada pela falta de empatia e problemáticas que precisam ser resolvidas pelo o governo. A falta de instrutores de libras em escolas e faculdade , é um grande infortúnio , além disso , a vários aplicativos de vídeo que não são legendados.
O Altruísmo se trata de um conjunto de disposições humanas , sejam elas individuais ou coletivas , que predispõem os seres humanos a se dedicarem aos outros . "Auguste comte"
Com isso percebemos que o governo, não possui altruísmo , e nem interesse pela formação educacional da sociedade surda no Brasil.
"Pais dos surdos" é um documentário francês , que apresenta as dificuldades e alegrias de um grupo de pessoas com surdez , o filme é contado em libras e com legendas em outros idiomas. Com todas essas questões , legendar filmes , aplicativos de vídeos e documentários , além de por instrutores de surdos em escolas , faculdade e trabalho , resolveria 70% das vicissitude dessa sociedade injustiçada.

Aqui está a minha análise da sua r[…]

Ficou espetacular! :) Muito obrigado!!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM