Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#38061
Segundo a Lei da Aprendizagem n° 10.097/2000, ampliada pelo Decreto Federal n° 5.598/2005 na qual determina que todos as empresas de média e grande porte contratem um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e máximo e um máximo de 15% no seu quadro de funcionários. Porém o que de fato ocorre atualmente quanto a questão da isenção de jovens no mercado de trabalho origina-se uma grande desigualdade.
Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) revela que 23% dos jovens brasileiros não trabalham e nem estudam, na maioria mulheres de baixa renda. Dessa forma, em razão do silenciamento e da falta de política pública, obrigações familiares, entre outras. Emerge um problema complexo que é necessário ser revertido
Principalmente é preciso destacar que o silenciamento é uma causa latente no problema. Segundo Foucoult, na sociedade pós moderna muitos temas são silenciados para que figuras de poder permaneçam em seus cargos. Diante disso, verifica-se uma lacuna em torno dos debates sobre a inserção dos jovens no mercado de trabalho, o que contribui com o aumento da falta de conhecimento da população sobre a questão, tornando sua solução mais complexa. Em segundo plano, outra causa para a configuração do problema é a política pública desajustada. De acordo com p dramaturgo e jornalista irlandês George Bernard Shaw o progresso é impossível sem mudanças.
Sob essa lógica, se há um problema social, há como base uma lacuna educacional no que tange à integração desses jovens no mercado de trabalho, uma vez que a escola não tem comprido seu papel de levar as informações necessárias para a sala de aula.
Portanto, uma proposta de intervenção faz-se necessária. Para isso é preciso que as escolas entrem em convênio com empresas sérias ou por exemplo, com o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). Onde promovam palestras onde promovam um espaço conversar sobre a iniciação do jovem no mercado de trabalho contando com a presença de professores e um representante da empresa ou do CIEE no caso de registro. A partir dessas ações poderemos contar com jovens preparados para ingressar prontos no mercado de trabalho no país.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

GlendaMorais Ashiley juliananjos jeniffeee[…]

Luahnna , Corrigindo a terceira linha do primeiro[…]

A "gripe espanhola" foi uma pandemia que[…]

Ao longo do processo de formação da […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM