• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por P300
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#81071
O artigo 6° da constituição Federal brasileira prevê o direito à alimentação e à saúde, assim como à assistência aos desamparados. Todavia, a insegurança alimentar no Brasil evidência que a lei em questão não é efetiva, pois a existência de indivíduos passando fome cresce cada vez mais. Isso é causado pela alta taxa de desemprego que consequentemente traz problemas na saúde.

Mormente, é possível destacar o desemprego como uma das principais causas da fome no país. Nessa perspetiva, segundo a Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional(Penssan) com dados de 2020 em comparação com 2018 houve um acréscimo de 9 milhões de indivíduos sem ter o que comer. Sob tal ótica, devido a pandemia da Covid 19 e o distanciamento social um grande número de pessoas ficaram desempregados, visto que, muitas delas trabalhavam em comércios que estavam fechados, como lojas e vendas ambulantes. Desse modo, tornou-se problemático o acesso a uma alimentação saudável.

Ademais, perpétua como consequência da situação referida acima os problemas de saúde. Nesse sentido, no livro " Quarto de despejo", a autora Carolina Maria de Jesus conta acerca dos moradores do assentamento urbano informal onde ela morava, e sobre as mazelas que os atingiam por não terem o que comer. Dessa maneira, é execrável que o governo brasileiro continue negligenciado o direito a segurança alimentar, sobretudo, diante da situação suscetível que milhões de indivíduos estão à doenças como fortes casos anemia e desnutrição.

Depreende-se, portanto, o governo Federal em parceria com os Ministérios do trabalho e da saúde, devem criar programas sociais por meio de investimentos no setor trabalhista, por exemplo, construções públicas ou empresas públicas, além de campanhas de assistência à saúde, principalmente, em regiões periféricas. Espera-se, com isso, garantir a saúde e a segurança alimentar erradicando com fome assim como prevê a constituição.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Mylike , Jotaveh , marimoon , larissa0205 , […]

A invisibilidade dos "cidadãos"

A invisibilidade decorrente da falta de registro c[…]

Para começar sua redação, &ea[…]

Certo, muito obrigada!! Por nada!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM