• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por M1l3n4
#76499
No século 20 os princípios de inclusão ganharam força, com seus ideais definidos e até mesmo assumidos pela sociedade brasileira. Contudo, isso não foi suficiente para superar todos os obstáculos e resistências. Já que, por durante muito tempo se praticou as mais diversas formas de discriminação, rejeição e intolerância. Portanto, a exclusão social continua sendo um problema importante assim enfrentado pela sociedade. Pode-se analisar, que essa problemática persiste por ter raízes históricas e ideológicas.
Em primeiro plano, evidencia-se que a questão constitucional e sua aplicação estejam entre as causas do problema. Essa lógica pode ser comprovada ao tomar como referência a primeira constituição brasileira. Visto que, a classe social composta pela elite econômica local: aristocratas rurais, funcionários públicos e comerciantes, dominavam e decidiram o futuro do país, enquanto os indivíduos de baixa renda ou nula, tinha seus interesses obstruídos. Atualmente, o Brasil e diversos países do mundo como a África do Sul e Moçambique, enfrentam graves problemas de desigualdades sociais, gerada pela injustiça e exploração econômica. De tal forma que, além dos altos índices de exclusão social enfrentam também, aumento da criminalidade e da pobreza.
Além disso, é notório que o presente continua sendo um reflexo do passado. Por consequência, das ideologias racistas e machistas predominantes nos processos de colonização as quais persistem até hoje. Como também, a intolerância religiosa, a discriminação da homossexualidade e a transexualidade, que por durante muito tempo foram consideradas pecaminosas, e ainda são em países como a Arábia Saudita, a Mauritânia e o Iêmen. Ademais, portadores de problemas neurológicos ou deficiências físicas, foram ignorados do direito à educação escolar e do mercado de trabalho por não haver ambiente adaptados para recebê-los. Desse modo, a continuação dos pensamentos de inferioridade e preconceito transmitido de geração em geração perpetua o problema.
É necessário, portanto, que medidas sejam tomadas para amenizar a exclusão de classe social, gênero, sexualidade, religião ou cor de pele. Posto isso, cabe a escola, forte ferramenta de formação de opinião, com apoio do Ministério da Educação, promover palestras, com o máximo de alcance possível, através de programas ou eventos transmitidos em tempo real. Acima de tudo, é necessária a viabilização institucional, judiciária e orçamentária das políticas públicas voltadas à cultura e a educação dos cidadãos brasileiros. A partir dessas ações, espera-se romper os tabus preconceituosos e promover a inclusão social, para que assim se obtenha uma comunidade cada vez mais acolhedora, solidária e humana.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Redação ENEM 2021

Aqui está a minha análise da sua red[…]

Obrigado, se possível, corrija a minha do E[…]

@eurodrigo poderia dar uma olhada?

Correção flash • Modelo ENEM […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM