• Avatar do usuário
#73399
Na série Atypical, catalogada pela Netflix, são retratadas as dificuldades sociais enfrentadas por Sam, um adolescente de 18 anos diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista. Fora da ficção, a realidade brasileira não é diferente, tendo em vista que pessoas com autismo estão a margem da sociedade. Isso ocorre tanto pela falta de atenção governamental, quanto pelo preconceito enraizado na sociedade.
    Sob esse viés, é importante destacar a negligência do governo a respeito da inserção social de pessoas com autismo. Segundo a Constituição Federal, é dever do Estado garantir a dignidade da população, atendendo suas necessidades básicas. No entanto, a realidade é totalmente oposta, pois muitos pais têm dificuldade em matricular seus filhos em escolas, devido a falta de estrutura e profissionais especializados, além da escassez de agentes de saúde na rede pública.
   Vale ressaltar inclusive, que o preconceito e discriminação vivenciada no dia a dia dificultam ainda mais o processo de inclusão. Na Idade Média, pessoas deficientes eram excluídas da sociedade, pois eram vistas como um castigo divino e tinham suas capacidades anuladas. De modo hodierno, levando em consideração o desemprego de adultos com TEA e o baixo número de crianças matriculadas nas escolas, percebe-se que a sociedade contemporânea permanece com o pensamento medieval que exclui pessoas que fogem ao padrão social.
      Portanto, faz-se necessário a tomada de atitudes para a redução da exclusão de pessoas com autismo. Nesse sentido, cabe ao Ministério da Educação a reforma nas estruturas escolares e a disponibilização de professores e orientadores, para promover uma educação de qualidade e disponível para todas as crianças, sejam deficientes ou não. Paralelamente, é de suma importância que o Governo Federal, por meio de palestras e aulas, traga informações sobre as inúmeras deficiências existentes para a população, de forma a garantir uma sociedade mais includente e livre de preconceitos.
   
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A luta em meio á reciclagem

No Brasil, é bem comum ver por aí ca[…]

A constituição Federal de 1988 (CFI8[…]

Outubro Rosa A prevenção ao c&ac[…]

A questão do lixo no Brasil

O filme "Wall-e" se passa em uma socieda[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM