Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#37528
Na série “Brooklyn 99”, Boyle, um dos protagonistas, juntamente com sua esposa, resolve adotar uma criança, realizando ambos os sonhos de terem uma família. Em contrapartida, na realidade brasileira a adoção de crianças e adolescentes não ocorre de maneira fácil. Isso deve-se, principalmente, a questão da predileção dos pais por determinadas crianças, bem como a burocracia durante o processo de adoção.
Primordialmente, é necessário citar a preferência dos pretendentes por crianças com características padrões. De acordo com dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o perfil buscado é, geralmente, de uma menina, branca, com até 4 anos, sem qualquer doença e complicação, além de não ter irmãos. Isso acaba se tornando um problema, pois maior parte das crianças e adolescentes disponíveis não se encaixam nesse padrão exigido. No que se refere a raça, por exemplo, a maior parte das crianças (45%) é parda. Por consequência, muitos jovens passam suas vidas em abrigos, sem a chance de ter uma família.
Ademais, também é possível constar a lentidão e desgaste durante o processo de adoção. Geralmente, o prazo para que o mesmo ocorra é de 120 dias, no entanto, a espera acaba sendo maior por diversos motivos. Pode-se citar, por exemplo, o fato de que a legislação brasileira sempre prioriza o retorno da criança para sua família, sendo a adoção a última medida a ser tomada. Ou seja, a criança não pode ser destituída e adotada sem antes ouvir os genitores e ser feito um estudo social de sua família. Dessa forma, muitas vezes, ocorre a desistência das pessoas que desejam efetuar a adoção.
Portanto, é mister que o Estado tome providências para mudar o quadro atual. O governo federal deve propor ao Poder Legislativo a criação de leis que busquem agilizar os processos de adoção, além de criar campanhas que incentivem a população a adotar crianças com um perfil “fora do padrão”. Somente assim, famílias conseguirão realizar seus sonhos de terem filhos, tal como Boyle de “Brooklyn 99” conseguiu.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Com a descoberta do coronavírus em Wuhan, c[…]

Automedicação no Brasil

Ashiley pode dar uma olhada

A grande jogadora de futebol feminino Marta, quebr[…]

Promulgada pela ONU em 1948, a Declaraç&ati[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM