• Avatar do usuário
#68756
A declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, defende a manutenção de respeito entre os povos de uma mesma nação. No entanto, no cenário atual brasileiro, observa-se justamente o contrário, quanto à questão do 'bullying' nas escolas e nas redes sociais, dessa forma, ocasionando vários impactos, sendo notório a configuração de contornos específicos, em virtude da educação vinda dos pais e da impunidade do agressor.

Em primeira análise, é indubitável, que os pais têm influência direta nas ações tomadas pelos seus filhos, refletem de sua criação, seja de uma forma negativa ou positiva, nessa perspectiva, seguindo a ideia do pensador Coelho Neto, onde diz"é na educação dos filhos que se revelam as virtudes dos pais"traçando um paralelo com o contexto atual, sob esse viés, deve-se atentar as ações da criança, se o filho pratica 'bullying', isso se deve a má influência e educação dos responsáveis, se o filho é a vítima da agressão, é preciso se atentar aos sinais, que muitas vezes passam despercebidos por falta de atenção.

Ademais, é preciso atentar para impunidade presente na questão. Nessa perspectiva, a máxima de Martin Luther King de que "injustiça num lugar qualquer é uma ameaça a justiça em todo lugar" cabe perfeitamente desse modo, tem-se como consequência a generalização da injustiça e a prevalência do sentimento de insegurança coletiva no que tange ao 'bullying'.

Em suma, faz-se imprescindível a tomada de medidas atenuadas ao entrave abordado. Concerne ao estado, mediante ao Ministério da Educação estabelecer políticas de conscientização nas escolas através de palestras que promovam o bem-estar no ambiente escolar e fora, mostrando importância do respeito ao próximo, e quais as consequências do 'bullying', dessa forma, visando um ambiente mais saudável e respeitoso. Outrossim, é necessário, que os veículos midiáticos promovam campanhas, com ajuda de profissionais e psicólogos que mostrem aos pais a importância de uma relação saudável com os filhos e a importância de uma educação consciente que promova a paz, assim negligenciando a violência, consequentemente evitando que o seu filho seja um agressor e pratique 'bullying'.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

De acordo com a Primeira Lei de Newton, um corpo e[…]

Doação do coração

A série médica americana "Grey'[…]

Carinho sanguíneo

A série médica americana "Grey'[…]

Índio no Brasil

Hoje,na sociedade brasileira, as políticas […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM