Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#55600
Tenochtitlan, considerada a capital da antiga civilização Asteca, era constituída por um governo hierárquico, na qual toda a população tinha uma função determinada, como os artesãos que criavam manualmente as mercadorias do Império. Contudo, é preponderante avaliar que, atualmente, no Brasil, o trabalho manual está sendo mecanizado constantemente. Por conseguinte, essa substituição do serviço humano causa expressivos impactos no mercado de trabalho, principalmente, quando se observa a maior necessidade de qualificação profissional e o crescimento do desemprego.
Nessa perspectiva, é válido salientar como essa revolução tecnológica digital age sobre a capacitação dos brasileiros. Sendo assim, Steve Jobs, um dos criadores da multinacional “Apple”, afirma que “a tecnologia move o mundo”. Dessarte, esse pensamento infere que o Brasil se desenvolverá mais rápido com o auxílio da tecnologia. Entretanto, é necessário observar que parte do País ainda é despreparada para usar tais meios digitais, limitando os trabalhadores, menos qualificados no uso da tecnologia, a cargos inferiores. Por consequência, com a inexperiência de muitos brasileiros, há uma mão de obra ineficaz para o “novo mundo” digital, no Brasil.
Ademais, é fulcral analisar que o crescimento do desemprego social, no País, é um dos efeitos mais relevantes dessa revolução. À vista disso, no contexto da “Globalização”, a produção em massa e o lucro tornaram-se os objetivos das indústrias, substituindo a produção artesã por computadores e braços mecânicos. Dessa forma, essa robotização do processo industrial inativou o trabalho da maioria dos funcionários, desencadeando uma onda de desemprego no Brasil. Logo, se tal situação não for equilibrada, a sociedade brasileira vivenciará um período de extrema desigualdade econômica e, consequentemente, uma marginalização dos grupos afetados pela transformação tecnológica.
Portanto, como é inevitável o avanço da tecnologia, o País deve se adaptar a tais transformações. Depreende-se, assim, que as empresas industriais, como a Petrobras, com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, agente de treinamento profissional e técnico, direcionem mais trabalhadores para cursos de capacitação tecnológica. Desse modo, essa ação tem como objetivo democratizar, de maneira mais uniforme, o conhecimento das novas tecnologias, permitindo que os profissionais possam gerir e manusear adequadamente os meios digitais. Além disso, as empresas, públicas e privadas, devem corroborar para um equilíbrio socioeconômico, abrindo mais vagas de emprego, mesmo em cargos menores, para evitar que a revolução tecnológica substitua, totalmente, o trabalho humano.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 168

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 184

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 192

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 184

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 184

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#55900
Há alguns desvios gramaticais e algumas falhas na estrutura sintática; eu não achei muito produtivo os repertórios; há poucos problemas no projeto de texto e a proposta não ficou tão clara, pois não entendi muito bem e tive dificuldades em encontrar os 5 elementos. Foram apresentadas 2 propostas incompletas, na primeira você usou um período inteiro para falar sobre a finalidade mas não apresentou o meio, pelo menos eu não o encontrei, já na segunda, só teve um agente, uma ação, que não entendi muito bem, e a finalidade.
Se você achou a minha pontuação discrepante, eu posso retirá-la.
#55901
JoiceF escreveu:Portanto, como é inevitável o avanço da tecnologia, o País deve se adaptar a tais transformações. Depreende-se, assim, que as empresas industriais, como a Petrobras, com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, agente de treinamento profissional e técnico, direcionem mais trabalhadores para cursos de capacitação tecnológica. Desse modo, essa ação tem como objetivo democratizar, de maneira mais uniforme, o conhecimento das novas tecnologias, permitindo que os profissionais possam gerir e manusear adequadamente os meios digitais. Além disso, as empresas, públicas e privadas, devem corroborar para um equilíbrio socioeconômico, abrindo mais vagas de emprego, mesmo em cargos menores, para evitar que a revolução tecnológica substitua, totalmente, o trabalho humano.
Portanto, como é inevitável o avanço da tecnologia, o País deve se adaptar a tais transformações. Depreende-se, assim, que as empresas industriais (agente) , como a Petrobras, com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (meio) , agente de treinamento profissional e técnico (detalhamento do meio), direcionem mais trabalhadores para cursos de capacitação tecnológica (ação) . Desse modo, essa ação tem como objetivo democratizar, de maneira mais uniforme, o conhecimento das novas tecnologias, permitindo que os profissionais possam gerir e manusear adequadamente os meios digitais (finalidade) . Além disso, as empresas (agente), públicas e privadas, devem corroborar para um equilíbrio socioeconômico (ação) , abrindo mais vagas de emprego (meio) , mesmo em cargos menores, para evitar que a revolução tecnológica substitua, totalmente, o trabalho humano. (finalidade)

Não sei como você não identificou os 5 elementos, além disso a segunda proposta é opcional, na verdade ela ajuda na finalização e construção do texto, o que corrobora para que eu não perca pontuação de estrutura textual, ela também não tem a obrigação de conter os 5 elementos, a segunda proposta de intervenção, sendo necessário ter de 3 até os 5.

Erros gramaticais? poderia indicá-los por favor?

Eu sei, a frase do Steve Jobs não é tão produtiva, por isso quis transformar ela e aplica-la à realidade do Brasil, sobretudo por ele ser considerado um dos pais da tecnologia. E discordo que a Globalização não seja produtiva, afinal, estou falando da revolução tecnológica, portanto é super cabível.

Olha, posso até entender seu ponto de vista, mas acho que os seus argumentos que deveriam ser mais consistentes
#55919
Miniglossário
Desvio: problema de gramática ou de convenções de escrita.
Falha: problema de estrutura sintática.
Inadequação: problema de coesão.
Monobloco: redação constituída por um único parágrafo, configurando um bloco maciço de períodos sem qualquer organização paragráfica identificável.
Operadores argumentativos: elementos que são responsáveis pelo encadeamento dos enunciados, estruturando o texto e determinando a orientação argumentativa.
Parte embrionária: introdução, argumentação ou conclusão muito curta devido a sua pouca produção.
Sem direção: redação que apresenta informações, fatos e opiniões de forma caótica ou desconexa, isto é, um aglomerado de palavras, frases ou ideias que não se articulam entre si em defesa de um ponto de vista.
...
...
Correção da redação
Usuário(a): @GuiGts11

Tipo de correção:
(X) Detalhada
(X) Completa

Legenda:
desnecessário ou redundante
(elementos da proposta de intervenção)
erro correção
linguagem confusa
mandou bem
"melhorável" sugestão
(w): observação
repetição

Tenochtitlan Tenochtitlán, considerada a capital da antiga civilização Asteca asteca, era constituída por um governo hierárquico, na no qual toda a população tinha uma função determinada, como os artesãos que criavam manualmente as mercadorias do Império. (1) Contudo, é preponderante (2) avaliar que, atualmente, no Brasil, o trabalho manual está sendo mecanizado constantemente. Por conseguinte (3), essa substituição do serviço humano causa expressivos impactos no mercado de trabalho, principalmente, quando se observa observam-se a maior necessidade de qualificação profissional e o crescimento do desemprego (4). (5)
Nessa perspectiva, é válido salientar como essa a revolução tecnológica digital (6) age sobre a capacitação dos brasileiros. Sendo assim (7), Steve Jobs, um dos criadores da multinacional Apple (8), afirma que “a tecnologia move o mundo” (9). Dessarte (10), esse pensamento infere (11) que o Brasil se desenvolverá vai desenvolver-se/desenvolver-se-á mais rápido com o auxílio da tecnologia (12). Entretanto, é necessário observar que parte do País ainda é despreparada para usar tais meios digitais usá-la, limitando o que limita os trabalhadores, menos qualificados no uso da tecnologia, a cargos inferiores. Por consequência, com a devido à inexperiência de muitos brasileiros, há uma mão de obra ineficaz para o “novo mundo” digital, no Brasil.
Ademais, é fulcral analisar que o crescimento do desemprego social (13), no País, é um dos efeitos mais relevantes dessa revolução. À vista disso, no contexto da “Globalização” globalização, a produção em massa e o lucro tornaram-se os objetivos das indústrias, substituindo que substituíram a produção artesã por computadores e braços mecânicos. Dessa forma, essa robotização do processo industrial inativou o trabalho da maioria dos funcionários, desencadeando uma onda de desemprego no Brasil. Logo, se tal situação não for equilibrada, a sociedade brasileira vivenciará um período de extrema desigualdade econômica e, consequentemente, uma marginalização dos grupos afetados pela transformação tecnológica (14).
(15)
Portanto, como é inevitável o avanço da tecnologia, o País deve se adaptar adaptar-se a tais transformações. Depreende-se, assim, que as empresas industriais (agente), como a Petrobras (detalhamento), com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (agente) (16), agente de treinamento profissional e técnico (detalhamento), direcionem devem direcionar (17) mais trabalhadores para cursos de capacitação tecnológica. Desse modo, essa ação tem como objetivo democratizar, de maneira mais uniforme, (18) o conhecimento das novas tecnologias (finalidade), permitindo que os profissionais possam gerir e manusear adequadamente os meios digitais (detalhamento). Além disso, as empresas (agente), públicas e privadas, devem corroborar (19) para um equilíbrio socioeconômico (ação), abrindo mais vagas de emprego (meio), mesmo em cargos menores, para evitar que a revolução tecnológica substitua, totalmente, o trabalho humano (finalidade) (20). (21)

Observações:
(1) O repertório é pertinente ao tema, mas poderia ser melhor relacionado à contextualização. Em vez de saltar diretamente da civilização asteca para o Brasil contemporâneo, seria interessante usar alguma expressão que indique que, ao longo da história, houve um processo de transformação que culminou no cenário atual. Por exemplo: "Atualmente, séculos depois do desenvolvimento dessa sociedade, ..."
(2) Inadequação vocabular que já apareceu em outro texto seu.
(3) Conectivos desnecessários como esse prejudicam a fluidez da sua redação.
(4) Muito bem! Antecipar os seus argumentos fortalece o projeto de texto.
(5) Introdução satisfatória.
(6) Salvo engano da minha parte, não houve citação explícita desse fenômeno anteriormente. Por isso, acredito que "a" seja melhor do que "essa".
(7) Não há uma relação de conclusão.
(8) Em nomes próprios, as aspas são dispensáveis.
(9) A legitimidade desse repertório é questionável. É conveniente ao Steve Jobs, que enriqueceu graças à tecnologia, elogiar essas inovações.
(10) Assim como na última correção, fiquei em dúvida se pintava de rosa ou de roxo. É desnecessário porque o "esse pensamento" já garante a coesão; é "melhorável" porque, além de estabelecer uma relação fraca de conclusão, é o segundo conectivo conclusivo seguido que você usa (o "sendo assim" apareceu no início da segunda frase).
(11) "inferir" é uma ação exclusivamente humana, cuja realização exige raciocínio. Um pensamento, que é algo inanimado, não pode fazer uma inferência.
(12) É preciso deixar mais evidente para o leitor o que de fato faz parte da ideia do Steve Jobs e o que é dedução sua. Da forma que você escreveu, pode parecer que a frase é originalmente uma referência ao Brasil.
(13) Apenas desemprego.
(14) Isso já acontece. Faria mais sentido dizer que, se nada for feito, a situação pode piorar.
(15) Desenvolvimento satisfatório.
(16) O corretor do ENEM talvez conte esse segundo agente como meio, mas, como não quero que você dependa da bondade do avaliador, eu não vão considerar.
(17) Você usou equivocadamente o verbo "depreende-se", que é sinônimo de "infere-se", e não de "urge".
(18) Democratização já implica uniformidade. Se nem todos têm acesso a um recurso, esse recurso não é democratizado.
(19) Mais um erro que já havia aparecido em outra redação sua. colaborar ≠ corroborar = confirmar.
(20) Faltou um detalhamento mais notório. Sendo generoso, eu até poderia aceitar "mesmo em cargos menores", mas vou "pesar a mão" porque acho que você tem potencial de escrever algo mais elaborado.
Além disso, cuidado para não propor algo simplista demais. Por que as empresas privadas estariam dispostas a contratarem mais funcionários, mesmo que seus lucros fossem reduzidos?
(21) De preferência, conclua o texto com um fechamento, retomando um repertório.

Notas:
C1 - 160
Justificativa: há alguns desvios gramaticais.
C2 - 160
Justificativa: na minha opinião, nenhum repertório foi realmente produtivo. A menção à globalização, embora positiva, não é essencial à argumentação, tampouco a fortalece significativamente.
C3 - 200
Justificativa: não há problemas relevantes nessa competência. Parabéns!!!
C4 - 160
Justificativa: boa articulação, com poucas inadequações. Há algumas repetições.
C5 - 160
Justificativa: proposta com quatro dos cinco elementos necessários.

Total - 840
Você arrasou!!! Conte comigo para chegar ao 1000!!!
Obs: sei que você deve me achar um "carrasco" na correção, mas não é por mal.


Referências
Material de leitura dos corretores do ENEM: apostila-manual-de-leitura-dos-corretor ... 15107.html
Definição de "preponderante": https://www.dicio.com.br/preponderante/
Definição de "inferir": https://www.dicio.com.br/inferir/
Definição de "corroborar": https://www.dicio.com.br/corroborar/

...
Se puder, doe para o projeto, por favor: donation/index.html
Os usuários que contribuírem terão benefícios no meu sistema de correções.

...
Ei, que tal agora corrigir os textos de outras pessoas? Continue este ciclo!
Você pode consultar a tabela oficial dos corretores do ENEM no link abaixo:
apostila-manual-de-leitura-dos-corretor ... 15107.html
#55924
Felipe082 escreveu:Miniglossário
Desvio: problema de gramática ou de convenções de escrita.
Falha: problema de estrutura sintática.
Inadequação: problema de coesão.
Monobloco: redação constituída por um único parágrafo, configurando um bloco maciço de períodos sem qualquer organização paragráfica identificável.
Operadores argumentativos: elementos que são responsáveis pelo encadeamento dos enunciados, estruturando o texto e determinando a orientação argumentativa.
Parte embrionária: introdução, argumentação ou conclusão muito curta devido a sua pouca produção.
Sem direção: redação que apresenta informações, fatos e opiniões de forma caótica ou desconexa, isto é, um aglomerado de palavras, frases ou ideias que não se articulam entre si em defesa de um ponto de vista.
...
...
Correção da redação
Usuário(a): @GuiGts11

Tipo de correção:
(X) Detalhada
(X) Completa

Legenda:
desnecessário ou redundante
(elementos da proposta de intervenção)
erro correção
linguagem confusa
mandou bem
"melhorável" sugestão
(w): observação
repetição

Tenochtitlan Tenochtitlán, considerada a capital da antiga civilização Asteca asteca, era constituída por um governo hierárquico, na no qual toda a população tinha uma função determinada, como os artesãos que criavam manualmente as mercadorias do Império. (1)Contudo, é preponderante (2) avaliar que, atualmente, no Brasil, o trabalho manual está sendo mecanizado constantemente. Por conseguinte (3), essa substituição do serviço humano causa expressivos impactos no mercado de trabalho, principalmente, quando se observa observam-se a maior necessidade de qualificação profissional e o crescimento do desemprego (4). (5)
Nessa perspectiva, é válido salientar como essa a revolução tecnológica digital (6) age sobre a capacitação dos brasileiros. Sendo assim (7), Steve Jobs, um dos criadores da multinacional Apple (8), afirma que “a tecnologia move o mundo” (9). Dessarte (10), esse pensamento infere (11) que o Brasil se desenvolverá vai desenvolver-se/desenvolver-se-á mais rápido com o auxílio da tecnologia (12). Entretanto, é necessário observar que parte do País ainda é despreparada para usar tais meios digitais usá-los, limitando o que limita os trabalhadores, menos qualificados no uso da tecnologia, a cargos inferiores. Por consequência, com a devido à inexperiência de muitos brasileiros, há uma mão de obra ineficaz para o “novo mundo” digital, no Brasil.
Ademais, é fulcral analisar que o crescimento do desemprego social (13), no País, é um dos efeitos mais relevantes dessa revolução. À vista disso, no contexto da “Globalização” globalização, a produção em massa e o lucro tornaram-se os objetivos das indústrias, substituindo que substituíram a produção artesã por computadores e braços mecânicos. Dessa forma, essa robotização do processo industrial inativou o trabalho da maioria dos funcionários, desencadeando uma onda de desemprego no Brasil. Logo, se tal situação não for equilibrada, a sociedade brasileira vivenciará um período de extrema desigualdade econômica e, consequentemente, uma marginalização dos grupos afetados pela transformação tecnológica (14).
(15)
Portanto, como é inevitável o avanço da tecnologia, o País deve se adaptar adaptar-se a tais transformações. Depreende-se, assim, que as empresas industriais (agente), como a Petrobras (detalhamento), com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (agente) (16), agente de treinamento profissional e técnico (detalhamento), direcionem deve direcionar (17) mais trabalhadores para cursos de capacitação tecnológica. Desse modo, essa ação tem como objetivo democratizar, de maneira mais uniforme, (18) o conhecimento das novas tecnologias (finalidade), permitindo que os profissionais possam gerir e manusear adequadamente os meios digitais (detalhamento). Além disso, as empresas (agente), públicas e privadas, devem corroborar (19) para um equilíbrio socioeconômico (ação), abrindo mais vagas de emprego (meio), mesmo em cargos menores, para evitar que a revolução tecnológica substitua, totalmente, o trabalho humano (finalidade) (20). (21)

Observações:
(1) O repertório é pertinente ao tema, mas poderia ser melhor relacionado à contextualização. Em vez de saltar diretamente da civilização asteca para o Brasil contemporâneo, seria interessante usar alguma expressão que indique que, ao longo da história, houve um processo de transformação que culminou no cenário atual. Por exemplo: "Atualmente, séculos depois do desenvolvimento dessa sociedade, ..."
(2) Inadequação vocabular que já apareceu em outro texto seu.
(3) Conectivos desnecessários como esse prejudicam a fluidez do seu texto.
(4) Muito bem! Antecipar os seus argumentos fortalece o projeto de texto.
(5) Introdução satisfatória.
(6) Salvo engano da minha parte, não houve menção explícita a esse fenômeno anteriormente. Por isso, acredito que "a" seja melhor do que "essa".
(7) Não há uma relação de conclusão.
(8) Em nomes próprios, as aspas são dispensáveis.
(9) A legitimidade desse repertório é questionável. É conveniente ao Steve Jobs, que lucrava com a tecnologia, elogiar essas inovações.
(10) Assim como na última correção, fiquei em dúvida se pintava de rosa ou de roxo. É desnecessário porque o "esse pensamento" já garante a coesão; é "melhorável" porque, além de estabelecer uma relação fraca de conclusão, é o segundo conectivo conclusivo seguido que você usa (o "sendo assim" apareceu no início da segunda frase).
(11) "inferir" é uma ação exclusivamente humana, cuja realização exige raciocínio. Um pensamento, que é algo inanimado, não pode fazer uma inferência.
(12) É preciso deixar mais evidente para o leitor o que de fato faz parte da ideia do Steve Jobs e o que é dedução sua. Da forma que você escreveu, pode parecer que a frase é originalmente uma referência ao Brasil.
(13) Apenas desemprego.
(14) Isso já acontece. Faria mais sentido dizer que, se nada for feito, a situação pode piorar.
(15) Desenvolvimento satisfatório.
(16) O corretor do ENEM talvez conte esse segundo agente como meio, mas, como não quero que você dependa da bondade do avaliador, eu não vão considerar.
(17) Você usou equivocadamente o verbo "depreende-se", que é sinônimo de "infere-se", e não de "urge".
(18) Democratização já implica uniformidade. Se nem todos têm acesso a um recurso, esse recurso não é democratizado.
(19) Mais um erro que já havia aparecido em outra redação sua. colaborar ≠ corroborar = confirmar.
(20) Faltou um detalhamento mais notório. Sendo generoso, eu até poderia aceitar "mesmo em cargos menores", mas vou "pesar a mão" porque acho que você tem potencial de escrever algo mais elaborado.
(21) De preferência, conclua o texto com um fechamento, retomando um repertório.

Notas:
C1 - 160
Justificativa: há alguns desvios gramaticais.
C2 - 160
Justificativa: na minha opinião, nenhum repertório foi realmente produtivo. A menção à globalização, embora positiva, não é essencial à argumentação, tampouco a fortalece significativamente.
C3 - 200
Justificativa: não há problemas relevantes nessa competência. Parabéns!!!
C4 - 160
Justificativa: boa articulação, com poucas inadequações.
C5 - 160
Justificativa: proposta com quatro dos cinco elementos necessários.

Total - 840
Você arrasou!!! Conte comigo para chegar ao 1000!!!
Obs: sei que você deve me achar um "carrasco" na correção, mas não é por mal.


Referências
Material de leitura dos corretores do ENEM: apostila-manual-de-leitura-dos-corretor ... 15107.html
Definição de "preponderante": https://www.dicio.com.br/preponderante/


...
Se puder, doe para o projeto, por favor: donation/index.html
Os usuários que contribuírem terão benefícios no meu sistema de correções.

...
Ei, que tal agora corrigir os textos de outras pessoas? Continue este ciclo!
Você pode consultar a tabela oficial dos corretores do ENEM no link abaixo:
apostila-manual-de-leitura-dos-corretor ... 15107.html

simplesmente adorei a tua correção, juro
mas na (16) aquilo é o meio mesmo, pelo qual as empresas realizarão tal ação, tanto é que eu coloquei " com o apoio da.." , ou seja é o meio/como a ação será realizada.

Ei, tu não acha que aquele "direcionem" que eu escrevi na conclusão não ta certo não? pq eu to me referindo às empresas industriais. "Depreende-se que as empresas industriais.......... direcionem..."

Aquele "de maneira mais uniforme" ficou muito redundante, quando eu enviei percebi

Lá na primeira linha, pq não é "na qual"? eu to me referindo à capital da antiga civilização Asteca

Gosto muito de suas correções, elas vão na alma do texto kkkk
obrigado por dizer que eu tenho potencial : )
#55931
GuiGts11 escreveu:simplesmente adorei a tua correção, juro
Valeu! :)
.
GuiGts11 escreveu:mas na (16) aquilo é o meio mesmo, pelo qual as empresas realizarão tal ação, tanto é que eu coloquei " com o apoio da.." , ou seja é o meio/como a ação será realizada.
O ENEM poderia facilmente aceitar essa interpretação, só que a minha análise é mais rigorosa. Sugiro que o meio não envolva somente uma parceria com um segundo agente. Fica parecendo um improviso para compensar a falta de um meio melhor.
De qualquer forma, eu posso considerar e te dar 200, se for te deixar feliz. Não quero te desmotivar por causa do meu nível de exigência.
.
GuiGts11 escreveu:Ei, tu não acha que aquele "direcionem" que eu escrevi na conclusão não ta certo não? pq eu to me referindo às empresas industriais. "Depreende-se que as empresas industriais.......... direcionem..."
O problema está justamente no "depreende-se", que não permite esse tipo de complemento. Mas em um ponto você tem razão: o correto, nesse caso, é utilizar o plural. Distração minha, perdão!
.
GuiGts11 escreveu:Aquele "de maneira mais uniforme" ficou muito redundante, quando eu enviei percebi
Verdade.
.
GuiGts11 escreveu:Lá na primeira linha, pq não é "na qual"? eu to me referindo à capital da antiga civilização Asteca
Compreendi o que você pensou, mas, sintaticamente falando, esse pronome relativo faz referência a "um governo hierárquico".
.
GuiGts11 escreveu:Gosto muito de suas correções, elas vão na alma do texto kkkk
Agradeço de novo!
.
GuiGts11 escreveu:obrigado por dizer que eu tenho potencial : )
Imagina! Falei de coração!

É notório observar e comparar o cont[…]

Quem nunca escreveu ou falou errado? O preconceit[…]

2020 e seus desafios!

No ano de 2020 mais de 100 países relatara[…]

Poderiam corrigir minha redação? :(

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM