#72299
Na obra utopia, do escritor inglês Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita, na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas. No entanto, o que se observa na realidade contemporânea é o oposto do que o autor prega, uma vez que os impactos da poluição do ar em debate no Brasil apresenta barreiras, as quais dificultam a concretização dos planos de More. Esse cenário aumenta é fruto tanto do número de mortes decorrentes causado pela poluição aumentarão cada vez mais em 2016, assim doenças vão surgindo como isquemicas do coração ocupam o primeiro lugar na causa de mortes, seguindo das doenças cerebrasculares e o câncer. Diante disso, torna-se fundamental a discussão desses aspecto, a fim do pleno funcionamento da sociedade.
Precipuamente, é fulcral pontuar que em alguns estados tem se reverberado a falta de ações e políticas públicas para combater a poluição deriva da baixa atuação dos setores governamentais, no que concerne à criação de mecanismos que caibam tais recorrências. Segundo o pensado Thomas Hobbes, o estado e responsável por garantir o bem-estar da população, entretanto, Isso não ocorre no Brasil, devido a falta de atuação das autoridades, 10 unidades federativas monitoram a qualidade do ar, a pressão por melhorias não é grande e a demanda para solucionar o problema é baixo. Desse modo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal de forma urgente.
Ademais, é imperativo ressaltar que os poluentes mais preocupantes mais preocupantes, reconhecidos pelos danos a saúde dos estados são as partículas totais em suspensão (PIS), partículas inalaveis como promotor do problema de acordo com o IEMA, não deve apresentar queda no país pelos próximos anos. Tudo isso contribuir para a perpetuação desse quando deletario.
Assim, medidas exequíveis são necessárias para conter o avanço da problemática na sociedade brasileira. Dessarte, com o intuito de mitigar os problemas sejam resolvidos para que os casos de problemas a saúde diminuam, necessita-se, urgentemente, que o tribunal de contas da União direcione capital que, por intermédio de ações e políticas públicas, sera revertido em melhorar as 10 unidades federativas para monitorar a qualidade do ar através de melhorar os recursos como a energia descarbonizando ainda mais investindo em recursos como vento, sol e água. Melhorar os meios de transportes movido a eletricidade e assim por dinte. Desse modo os casos de doenças causados pela poluição do ar diminua e assim a coletividade alcançará a utopia de More.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Embora a Declaração Universal dos Di[…]

Olá, Bia. A sua redação n&at[…]

eurodrigo anasilva1 Bia2201 3m1ly Gi6[…]

eurodrigo Obrigado pela avaliaçã[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM