Avatar do usuário
Por Jamily123
Quantidade de postagens
#123292
O educador e filósofo brasileiro Paulo Freire afirmava que “Se a
educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a
sociedade muda.” Analisando tal pensamento e relacionando – o com
a educação no Brasil atualmente, percebe-se que a pandemia trouxe
grande impacto na educação, principalmente pela ineficácia do meio
online e pela falta de estrutura.
Em primeira análise, é importante destacar que a falta de eficácia das
aulas online dificultou o ensino de muitos alunos, sobretudo de
crianças mais novas, pois, segundo estudos, elas ainda não
possuem uma capacidade de concentração suficiente para
permanecer muito tempo focadas em uma tela, seja de smartphone,
computador e afins. Esse problema também pode se dar ao fato da
criança possuir algum transtorno neurobiológico, como por exemplo,
TDAH. Dessa forma, se deduz que este método online não foi conveniente para a educação.
Ademais, é válido ressaltar que a falta de estrutura foi um dos
principais problemas enfrentados durante a suspensão de aulas
presenciais devido à pandemia. Desse modo, houve muitos relatos
sobre a dificuldade de adquirir internet por não ter acesso e também
por ter uma certa dificuldade em saber mexer na mesma. Além disso,
algumas escolas eram totalmente sem infraestrutrura e sistemas
adequados para fornecer o ensino via online.
Portanto, é preciso que o Estado tome providências para amenizar o
quadro de precariedade na educação que a pandemia deixou. Logo,
a fim de recuperar o prejuízo dos alunos, pode – se, por exemplo,
aumentar a carga horária das aulas. Do mesmo modo, cabe ao
cidadão cobrar e pressionar a entidade política e administrativa a
tomar as medidas corretas para que a partir delas, a educação mude.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido
Avatar do usuário
Por Jamily123
Quantidade de postagens
#123295
Jamily123 escreveu:O educador e filósofo brasileiro Paulo Freire afirmava que “Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a
sociedade muda.” Analisando tal pensamento e relacionando – o com a educação no Brasil atualmente, percebe-se que a pandemia trouxe
grande impacto na educação, principalmente pela ineficácia do meio online e pela falta de estrutura.
Em primeira análise, é importante destacar que a falta de eficácia das aulas online dificultou o ensino de muitos alunos, sobretudo de crianças mais novas, pois, segundo estudos, elas ainda não possuem uma capacidade de concentração suficiente para
permanecer muito tempo focadas em uma tela, seja de smartphone, computador e afins. Esse problema também pode se dar ao fato da criança possuir algum transtorno neurobiológico, como por exemplo,
TDAH. Dessa forma, se deduz que este método online não foi conveniente para a educação.
Ademais, é válido ressaltar que a falta de estrutura foi um dos principais problemas enfrentados durante a suspensão de aulas presenciais devido à pandemia. Desse modo, houve muitos relatos sobre a dificuldade de adquirir internet por não ter acesso e também
por ter uma certa dificuldade em saber mexer na mesma. Além disso, algumas escolas eram totalmente sem infraestrutrura e sistemas adequados para fornecer o ensino via online.
Portanto, é preciso que o Estado tome providências para amenizar o quadro de precariedade na educação que a pandemia deixou. Logo, a fim de recuperar o prejuízo dos alunos, pode – se, por exemplo, aumentar a carga horária das aulas. Do mesmo modo, cabe ao cidadão cobrar e pressionar a entidade política e administrativa a tomar as medidas corretas para que a partir delas, a educação mude.
0

A Constituição Federal de 1988 assegura a todos os[…]

O artigo 4 da Declaração Universal dos Direitos Hu[…]

alguém poderia por favor corrigi-la? @Lauany25 @M[…]

O programa televisivo "Catalendas" con[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!