Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#48298
A Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todo cidadão diversos benefícios, incluindo a assistência médica. Entretanto, doenças como a AIDS, causada pelo vírus HIV, tendem a serem dificilmente combatidas e erradicadas, pois há um desafio causado pela ignorância e preconceito por parte da sociedade, além da falta de conhecimento das pessoas sobre o vírus . Com base nisso, a população brasileira deve encontrar maneiras de combater essa enfermidade .

Em primeira análise, deve-se salientar que um dos fatores relacionados ao grande número de casos de AIDS é o preconceito e ignorância . Em meados da década de 80 à 90 houve uma enorme epidemia da doença em questão, acarretando na morte de parte da população, incluindo grandes nomes do rock brasileiro - Cazuza e Renato Russo - . Evidentemente , esses famosos eram exemplos de cidadãos pertencentes ao movimento LGBTQ+ e, de certo modo, por esse motivo, contribuíram ainda mais à visão preconceituosa e ignorante daquela época, na qual dizia-se que apenas homossexuais ou LGBT's contraiam a doença . Contudo, infelizmente, mesmo depois de décadas ainda existe esse argumento e pensamento, extremamente errados, vindos de pessoas infelizes , e isso acaba se tornando um contribuinte para menos enfermos procurarem o tratamento adequado, devido a vergonha e medo do pré julgamento feito por terceiros .

Ademais, ocorre , ainda, o desafio da erradicação da AIDS devido a falta de conhecimento da sociedade. Segundo a pesquisa feita pelo IBGE, cerca de 40% dos brasileiros com mais de 25 anos não tem ensino fundamental . Ou seja, essa parcela da população que deveria estar inserida em uma escola e adquirir conhecimentos necessários, incluindo aulas de biologia - as quais tratam sobre vírus - não esta, acarretando, dessa maneira, na falta de informação, tornando cidadãos sem conhecimento suficiente para se evitar o contato com o vírus . Todavia, o culpado pela escolarização brasileira não ser democrática é o próprio Governo Federal, que pouco se preocupa com a educação e não faz investimentos necessários com o interesse de tornar instituições de ensino locais com oportunidades para todos .

Portanto, o Brasil precisa ter atitudes . Então, cabe ao Governo Federal e o Ministério da Saúde promoverem campanhas de orientação anuais e exames gratuitos, por meio de escolas e hospitais, fornecendo acompanhamento médico e psicológico, com a finalidade de ajudar todos aqueles que precisam de um atendimento clínico e, também, conscientizar alunos sobre a importância de se evitar o HIV. Diante disso, país estará combatendo o vírus da AIDS e o vírus da ignorância .
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 170

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#48565
@Lebre

A Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todo cidadão diversos benefícios, incluindo a assistência médica. Entretanto, doenças como a AIDS, causada pelo vírus HIV, tendem a serem dificilmente combatidas e erradicadas, pois há um desafio causado pela ignorância e preconceito por parte da sociedade, além da falta de conhecimento das pessoas sobre o vírus . Com base nisso, a população brasileira deve encontrar maneiras de combater essa enfermidade .
Boa introdução, nada a dizer.

Em primeira análise, deve-se salientar que um dos fatores relacionados ao grande número de casos de AIDS é o preconceito e ignorância . Em meados da década de 80 à 90 houve uma enorme epidemia da doença em questão, acarretando na morte de parte da população, incluindo grandes nomes do rock brasileiro - Cazuza e Renato Russo - . Evidentemente , esses famosos eram exemplos de cidadãos pertencentes ao movimento LGBTQ+ e, de certo modo, por esse motivo, contribuíram ainda mais à visão preconceituosa e ignorante daquela época, na qual dizia-se que apenas homossexuais ou LGBT's contraiam a doença . Contudo, infelizmente, mesmo depois de décadas ainda existe esse argumento e pensamento, extremamente errados, vindos de pessoas infelizes , e isso acaba se tornando um contribuinte para menos enfermos procurarem o tratamento adequado, devido a vergonha e medo do pré julgamento feito por terceiros .
Muito bom. Repertório produtivo, boa argumentação, organização e uso de conectivos adequados.

Ademais, ocorre , ainda, o desafio da erradicação da AIDS devido a falta de conhecimento da sociedade. Segundo a pesquisa feita pelo IBGE, cerca de 40% dos brasileiros com mais de 25 anos não tem têm ensino fundamental . Ou seja, essa parcela da população que deveria estar inserida em uma escola e adquirir conhecimentos necessários, incluindo aulas de biologia - as quais tratam sobre vírus - não esta está, acarretando, dessa maneira, na falta de informação, tornando cidadãos sem conhecimento suficiente para se evitar o contato com o vírus . Todavia, o culpado pela escolarização brasileira não ser democrática é o próprio Governo Federal, que pouco se preocupa com a educação e não faz investimentos necessários com o interesse de tornar instituições de ensino locais com oportunidades para todos .
Bom também, digo o mesmo do parágrafo anterior.

Portanto, o Brasil precisa ter atitudes . Então, cabe ao Governo Federal e o Ministério da Saúde (agente) promoverem campanhas de orientação anuais e exames gratuitos (ação), por meio de escolas e hospitais, fornecendo acompanhamento médico e psicológico (meio/modo), com a finalidade de ajudar todos aqueles que precisam de um atendimento clínico e, também, conscientizar alunos sobre a importância de se evitar o HIV (efeito/finalidade). Diante disso, o país estará combatendo o vírus da AIDS e o vírus da ignorância .
Sua proposta falta o detalhamento.

Parabéns pelo texto, está muito bom. Só precisa de alguns ajustes na C1 e C5 a meu ver! ;)
Tabagismo

De acordo com o filósofo Ralph Waldo, &quo[…]

A Constituição Federal de 1988, docu[…]

Pobreza no Brasil

XxDamastco , Estava muito ruim?

Essa crise econômica vem aumentando cada vez[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM