• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#66290
Séries estadunidenses como "Todo mundo odeia o Chris" e "Um maluco no pedaço" que trazem protagonistas afrodescendentes são uma raridade. Se tratando das produções nacionais é pior, tendo em vista que há pouco espaço na mídia para negros brasileiros, e quando tem alguma representação só se perpetuar o racismo ou a pessoa, infelizmente, sofre ataques racistas do público.
Primeiramente, é importante destacar o porquê da pouca representatividade negra. Considerando que o poder midiático tem como função difundir os valores, a cultura e padrões de uma sociedade, num país estruturalmente racista e com passado recente escravocrata é óbvio que nas produções não será diferente. Assim, o Brasil tendo em torno de 50% de sua população autodeclarada negra ou parda (segundo o IBGE), apresentou apenas 3% de apresentadores negros em uma pesquisa feita pelo Vaidapé.
Outrossim, é a dificuldade que enfrentam aqueles que conseguiram espaço no meio de tantos brancos. Principalmente os atores negros que dificilmente recebem papel de protagonistas, sendo sempre limitados a papeis de coadjuvantes ou pobres trabalhadores como empregados, zeladores, faxineiros. Além disso, há aqueles que sofrem racismo do público como é o caso de muitos jogadores de futebol xingados de "macaco" por torcedores. Deste modo, fica evidente que a sociedade racista dificulta muito a carreira desses indivíduos.
Por fim, a inserção de afrodescendentes na mídia é a única solução para o fim dessa problemática. Logo, cabe ao Congresso Nacional tomar a frente da situação criando um conjunto de leis que visem a inclusão de pessoas negras através da elaboração de um sistema de cota que garantam a participação desses indivíduos. Assim, séries que trazem protagonistas negros seriam mais comum.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#66489
Séries estadunidenses como "Todo mundo odeia o Chris" e "Um maluco no pedaço" que trazem protagonistas afrodescendentes são uma raridade. [faltou conectivo] Se tratando das produções nacionais é pior, tendo em vista que há pouco espaço na mídia para negros brasileiros, e < evite usar vírgula + e] quando tem alguma representação só se perpetuar o racismo ou a pessoa, infelizmente, sofre ataques racistas do público. [faltou apresentar tese, expor que é necessária medidas ou uma análise]

[usar outro conectivo] Primeiramente, é importante destacar o porquê da pouca representatividade negra. [faltou conectivo] Considerando que o poder midiático tem como função difundir os valores, a cultura e padrões de uma sociedade, num < em um] país estruturalmente racista e com passado recente escravocrata é óbvio que nas produções não será diferente. Assim, o Brasil tendo em torno de 50% de sua população autodeclarada negra ou parda (segundo o IBGE), apresentou apenas 3% de apresentadores negros em uma pesquisa feita pelo Vaidapé. [faltou arrematação]

Outrossim, é a dificuldade que enfrentam aqueles que conseguiram espaço no meio de tantos brancos. [faltou conectivo] Principalmente os atores negros que dificilmente recebem papel de protagonistas, sendo sempre limitados a papéis de coadjuvantes ou pobres trabalhadores como empregados, zeladores e faxineiros. Além disso, há aqueles que sofrem racismo do público como é o caso de muitos jogadores de futebol xingados de "macaco" por torcedores. Deste modo, fica evidente que a sociedade racista dificulta muito a carreira desses indivíduos.
* Ficou no senso comum, procure trazer melhor um repertório

Por fim, a inserção de afrodescendentes na mídia é a única solução para o fim dessa problemática. Logo, cabe ao Congresso Nacional tomar a frente da situação criando um conjunto de leis que visem a inclusão de pessoas negras através < por meio] da elaboração de um sistema de cota que garantam a participação desses indivíduos. Assim, séries que trazem protagonistas negros seriam mais comum.
* Faltou detalhamento

Oi. Ainda hoje eu tento corrigir sua redaç[…]

Spayke , Oi bom dia, eu como só sou um es[…]

oi gente, bom dia esperam que estejam bem quando t[…]

Sabemos que a meritocracia na sociedade brasileira[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM