• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por AlineSilva
#73412
O filme "Simplesmente acontece" aborda a história da personagem Rosie que ao ter uma gravidez indesejada na adolescência teve que adiar seus plano de fazer faculdade para cuidar do seu filho que iria nascer. Não distante da ficção, essa é uma realidade enfrentada por muitas adolescentes e jovens. Nesse sentido, convém analisar, como a falta de informação, seja por parte das escolas, seja pelo tabu em se falar sobre o assunto no ambiente familiar colaboram para tal problemática.

Em primeiro lugar, as instituições de ensino são um dos principais meios de obter conhecimento sobre diversos assuntos. Nessa perspectiva, assim como já foi apontado pelo filósofo Foucault, as escolas, em sua maioria, vão priorizar a ordem e a disciplina do que a formação do cidadão em si. A partir desse princípio, quando os colégios não transmitem as informações necessárias que servirão de apoio para as pessoas durante a vida, como é o caso de prevenção das gravidez indesejadas, ajudam para que situações semelhantes a do filme aconteçam com maior frequência.

      Ademais, outro fator relevante é o pensamento enraizado em parte da sociedade em considerar assuntos relativos ao relacionamento sexual como não permitidos de serem falados com os filhos por medo de incentivarem a prática precocemente. Nesse contexto, no momento em que não há uma informação dada pelos pais sobre como evitar uma gravidez, muitos jovens acabam tendo relações conjugais com seus parceiros sem o uso adequado de preservativos, o que culmina para que tenham um filho mesmo sem a intenção.

     Em virtude dos fatos mencionado, é preciso que o Ministério da Educação, com auxílio das mídias, ensinem os jovens sobre a importância e a maneira correta de como se prevenirem quando estiverem tendo relações sexuais por meio de aulas e palestras, ministradas por professores. Outrossim, é preciso que os pais tendem a ter conversas com seus filhos sobre tais assuntos importantes. Com essas medidas, casos como o da Rosie seriam reduzidos significativamente.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Avatar do usuário
Por anasilva1
Quantidade de postagens
#73430
O filme "Simplesmente acontece" aborda a história da personagem Rosie [1] que ao ter uma gravidez indesejada na adolescência teve que adiar seus [2]plano de fazer faculdade para cuidar do seu filho que iria nascer. Não distante da ficção, essa é uma realidade enfrentada por muitas adolescentes e jovens. Nesse sentido, convém analisar, como a falta de informação, seja por parte das escolas, seja pelo tabu em se falar sobre o assunto no ambiente familiar colaboram para tal problemática.

[1] – Falta de vírgula
[2] – Erro de concordância. “plano” deve concordar em número com “seus”


Em primeiro lugar, as instituições de ensino são um dos principais meios de obter conhecimento sobre diversos assuntos. Nessa perspectiva, assim como já foi apontado pelo filósofo Foucault, as escolas, em sua maioria, vão priorizar a ordem e a disciplina do que a formação do cidadão em si. A partir desse princípio, quando os colégios não transmitem as informações necessárias que servirão de apoio para as pessoas durante a vida, como é o caso de prevenção das [2]gravidez indesejadas, ajudam para que situações semelhantes [3]a do filme aconteçam com maior frequência.

[3] – Falta de crase

Ademais, outro fator relevante é o pensamento enraizado em parte da sociedade em considerar assuntos relativos ao relacionamento sexual como não permitidos de serem falados com os filhos por medo de incentivarem a prática precocemente. Nesse contexto, no momento em que não há uma informação dada pelos pais sobre como evitar uma gravidez, muitos jovens acabam tendo relações conjugais com seus parceiros sem o uso adequado de preservativos, o que culmina para que tenham um filho mesmo sem a intenção.


Em virtude dos fatos mencionado, é preciso que o Ministério da Educação, com auxílio das mídias, [2]ensinem os jovens sobre a importância e a maneira correta de como se prevenirem quando estiverem tendo relações sexuais [1] por meio de aulas e palestras, ministradas por professores. Outrossim, é preciso que os pais tendem a ter conversas com seus filhos sobre tais assuntos importantes. Com essas medidas, casos como o da Rosie seriam reduzidos significativamente.

[2] – Erro de concordância. O verbo “ensinem” deve concordar com o “é preciso que”
- Sua conclusão está boa, mas senti falta da finalidade e de um detalhamento

Com a ascensão da "pandemia do covid-1[…]

No filme Maze Runner é retratado um mundo p[…]

https://projetoredacaonota1000.com.br/tendencias-e[…]

Se vocês puderem corrigir minha redaç[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM