Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#49897
Estudos realizados pelos pesquisadores e economistas Fabio Waltenberg e Roberta Costa
indicam que o abandono e o atraso escolar são maiores quanto maior é a proporção de
professores da escola que ministram disciplinas fora da sua área de formação. Sob tal ótica,
nota-se que a má formação de professores interfere negativamente no processo de
aprendizagem dos alunos. Logo, a baixa atratividade da docência e a insuficiência de
formandos em determinadas graduações são causas desse entrave.
Em primeiro plano, é válido ressaltar que o piso salarial dos professores, considerado baixo,
é um fator intrinsecamente relacionado à pouca atratividade da carreira docente. De acordo
com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),
professores de escolas públicas ganham, em média, cerca de 25% a menos que
profissionais de outras áreas. Nesse ínterim, fica evidente a necessidade de reajuste salarial
dos professores como forma de valorização do magistério.
Outrossim, destaca-se a escassez de profissionais formados em certas disciplinas.
Similarmente, segundo Roberto Nardi, professor da Faculdade de Ciências da Unesp, um
em cada quatro professores de física desiste de lecionar. Desse modo, observa-se que os
educadores tendem a ensinar outras matérias, as quais não fazem parte da sua formação,
como forma de complementar não só a sua carga horária, mas também a carência de
outros cargos.
Portanto, é imprescindível que os educadores ocupem seu devido cargo. Urge que o
Ministério da Educação deve implementar ações que valorizem o trabalho dos professores,
por meio do reajuste salarial destes profissionais e de campanhas motivadoras, isto é, que
induzam a sociedade a respeitar o ofício do docente, a fim de que os estudantes e
professores ambicionem a carreira da docência e busquem contribuir com a melhoria da
educação.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Na série "13 reasons whi" relata […]

Obrigado, poderia dizer oq eu errei??

No livro Carrie de 1974, é apresentada ao l[…]

Segundo o IBGE, em 2019, a população[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM