• Avatar do usuário
#67355
Na série de livros “Desventuras em série”, os órfãos Baudelaire são perseguidos pelo Conde Olaf, que deseja apropriar-se da herança dos jovens. Para solucionar os problemas causados pelo vilão, Klaus − o irmão do meio − aplica o conhecimento que obteve por intermédio da leitura, sua atividade preferida. Essa situação evidencia o quão benéfico pode ser o contato com a Literatura. No entanto, a maioria dos brasileiros não compartilha da paixão do garoto, o que contribui para que a formação de leitores seja insuficiente no país. Entre os desafios para que esse cenário mude, estão não somente a inadequada abordagem escolar, como também a consequente mentalidade acrítica da população.
No Brasil, os vestibulares exigem, impositivamente, o estudo de determinadas obras, de modo que muitos alunos constroem uma visão distorcida sobre essa prática. Segundo o pedagogo brasileiro Paulo Freire, é preciso que ler seja um ato de amor. Sob essa perspectiva, constata-se que condicionar o ingresso na universidade a um contato indesejado com a Literatura é uma atitude que contraria a essência da leitura, pois dificulta a descoberta espontânea das experiências positivas proporcionadas pelos livros. Fica claro, portanto, que a formação eficiente de leitores pressupõe uma mudança de paradigmas no sistema educacional brasileiro.
Como consequência dos métodos equivocados das escolas, é comum que as pessoas não compreendam a dimensão crítica da Literatura. Os clássicos frequentemente extrapolam o caráter lúdico e transmitem lições que, se corretamente interpretadas, podem colaborar para a construção de uma sociedade mais justa. Um exemplo disso é “1984”, livro de George Orwell que provoca uma reflexão sobre a ascensão de regimes autoritários. Caso a ficção do autor fosse mais debatida, os cidadãos poderiam identificar mais facilmente ameaças às instituições. Entretanto, apenas uma minoria da população faz uma análise aprofundada de obras como essa, o que, em certa medida, possibilita a eleição de governantes que não respeitam a democracia, como Jair Bolsonaro, conhecido por enaltecer a ditadura militar. Logo, é indubitável que os livros devem ser vistos como um meio de fortalecimento do senso crítico.
Diante desses aspectos, percebe-se que os desafios para a formação de leitores só serão superados a partir de soluções que aperfeiçoem o sistema educacional do país e, por conseguinte, aumentem a criticidade dos jovens. A fim de que isso seja possível, o Ministério da Educação (MEC) deve, mediante verbas cedidas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), implementar o programa “Leitura reflexiva”. Nesse projeto – realizado mensalmente −, será apresentada aos estudantes de escolas públicas uma lista de livros, entre os quais eles poderão, de maneira gratuita, escolher um. Após a conclusão da leitura, cada jovem explicará para a classe o valor da obra para o entendimento e para o aprimoramento da sociedade. Assim, ler será um ato de reflexão e, sobretudo, de amor, conforme idealizou Paulo Freire.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Sabemos que a meritocracia na sociedade brasileira[…]

Olá! Alguém poderia me auxiliar por[…]

Frequentemente, comenta-se muito a respeito da que[…]

A pirataria no Brasil

Olá, tudo bom? Espero que minhas dicas pos[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM