Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#54516
Em sua distopia “1984”, George Orwell mostra o poder retido por aquele que controla as informações e sua veiculação: moldar a realidade para que seja favorável aos próprios interesses e convencer a, já alienada, massa populacional de que sua verdade é absoluta. O termo “Fake News” traduz esse artifício de manobra, que foca em tornar a notícia viral, em detrimento da autenticidade dos dados. Como resultado, a sociedade, desprovida de senso crítico, é semeada por desinformação e insensatez.

Em primeiro lugar, cabe ressaltar que notícias falsas se espalham 70% mais rápido que as verdadeiras. Como prova, tem-se o aumento acentuado da venda de Cloroquina para o combate do Covid-19, mesmo sem eficácia comprovada cientificamente, que se mostrou danosa quando usada sem responsabilidade e em demasia, provocando morte por intoxicação. Situações semelhantes se tornaram frequentes, uma vez que, informações fraudulentas são criadas, quem as recebe não se incomoda em verificar fontes antes de compartilhar com mais centenas de pessoas que, provavelmente, terão a mesma postura imprudente.

Ademais, os detentores dos veículos midiáticos não têm pretensão em alterar o curso da disseminação de materiais ilegítimos, tendo em vista que o compartilhamento gera compensação monetária, o objetivo primordial de um sistema controlado pelo capital. Aliás, esses se respaldam pela ideia de que interferir na veiculação seria ir contra o Artigo 5º da Constituição, que prevê a liberdade de expressão, uma maneira inescrupulosa de tirar a responsabilidade de si. Segundo Leandro Karnal, “a liberdade é ampla, mas não absoluta”, ou seja, apresenta limites.

Portanto, é imperativo que ações sejam implantadas para atenuar e prevenir a perpetuação do quadro atual. Para frear a circulação de falácias, urge que o Governo Federal endureça, por meio do Ministério da Justiça, a já existente ”Lei da Fake News” que regulamenta o uso das redes sociais e aplicativos de mensagens. Além disso, deve ser criado um painel que cheque a veracidade das informações em circulação e os usuários que compartilharem notícias já declaradas falsas têm de ser advertidos. Dessa forma, será possível a manutenção de uma sociedade bem informada e menos suscetível à manipulação.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Uma vez que os serviços personalizados de r[…]

A Constituição Federal de 1988, docu[…]

A Constituição Federal de 1988 em se[…]

Muito obrigado jherodrigues

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM