Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Por LuizCarlos17
#46703
O Brasil se encontra entre os primeiros no ranking de evasão escolar, de acordo com dados do IBGE, cerca de 4 em cada 10 jovens não se formam no Ensino Médio. Logo, emerge uma problemática com o intuito de entender os motivos disso acontecer, e quais os reflexos provocados por esse cenário na sociedade brasileira.

Primeiramente, as causas que motivam os alunos á evasão escolar, além de serem muitas, estão tanto ligadas a questões sociais, quanto a má administração do Estado para com esses serviços essenciais, nesse caso a Educação. Por exemplo, um aluno deixa de estudar e começa a trabalhar para aumentar a renda de sua família, essa pausa não está somente ligada ao fato da maioria da população ser pobre, e por isso ele trabalha pra ajudar em casa, mas também do Ensino público ser sucateado e sem uma infraestrutura adequada. Com isso, o aluno prefere o emprego, porque além de gerar uma certa autonomia financeira, ele ainda consegue levar o sustento para casa.

Por conseguinte, a permanência desse quadro acaba influenciando negativamente em problemas já existentes na sociedade brasileira. Só para ilustrar, jovens que não completam o Ensino médio, acabam tendo dificuldades para entrar no mercado de trabalho, e quando conseguem, o emprego é mal remunerado, assim, essa situação colabora para o aumento da pobreza no país. Ademais, também existe a possibilidade desses jovens irem para a criminalização, uma vez que, a remuneração é bem melhor e não precisarem de experiência ou escolaridade alguma.

Portanto, faz-se necessário medidas para amenizar esse problema. Por isso, a Secretaria de Educação juntamente ás Escolas públicas, devem implementar o projeto “ Aprendendo a aprender", que consiste em ensinar matérias que os alunos consideram “chatas", de uma forma mais atrativa, como por exemplo, fazer gincanas didáticas, feiras, etc. Com o intuito de gerar um interesse no aluno e quebrar aquela ideia monótona sobre o aprendizado.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 130

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Avatar do usuário
Por GlendaMorais
#47642
Contextualização
Apresentação do tema
Tese
Tópico Frasal
Dados
Argumentação
Arrematação da Tese
Arrematação de tese na conclusão
Elementos da proposta de intervenção
Frase de efeito
Termos coesivos
Comentários

O Brasil se encontra entre os primeiros no ranking de evasão escolar, de acordo com dados do IBGE, cerca de 4 em cada 10 jovens não se formam no Ensino Médio
. Logo, emerge uma problemática com o intuito de entender os motivos disso acontecer, e quais os reflexos provocados por esse cenário na sociedade brasileira.( Sim, e quais são esse motivos? Esclareça. Vejo sua contextualizaçõa, mas faltou a apresentação do tema e uma tese mais clara!)

Primeiramente, as causas que motivam os alunos á (à)evasão escolar, além de serem muitas, estão tanto ligadas a questões sociais, quanto a má administração do Estado para com esses serviços essenciais, nesse caso a Educação. Por exemplo, um aluno deixa de estudar e começa a trabalhar para aumentar a renda de sua família, essa pausa não está somente ligada ao fato da maioria da população ser pobre, e por isso ele trabalha pra ajudar em casa, mas também do Ensino público ser sucateado e sem uma infraestrutura adequada. Com isso, o aluno prefere o emprego, porque além de gerar uma certa autonomia financeira, ele ainda consegue levar o sustento para casa.( Nesse desenvolvimento vejo sua argumentação, mas falta o repertório1!É necessário um dado que comprove sua abordagem!!)

Por conseguinte, a permanência desse quadro acaba influenciando negativamente em problemas já existentes na sociedade brasileira. Só para ilustrar, jovens que não completam o Ensino médio, acabam tendo dificuldades para entrar no mercado de trabalho, e quando conseguem, o emprego é mal remunerado, assim, essa situação colabora para o aumento da pobreza no país. ]Ademais, também existe a possibilidade desses jovens irem para a criminalização, uma vez que, a remuneração é bem melhor e não precisarem de experiência ou escolaridade alguma.( Nesse desenvolvimento só vejo sua argumentação. Falta um repertório e a arrematação de tese!!!)

Portanto, faz-se necessário medidas para amenizar esse problema. Por isso, a Secretaria de Educação ( vírgula)juntamente ás Escolas públicas( Públicas),( Agente) devem implementar o projeto “ Aprendendo a aprender", ( Ação)que consiste em ensinar matérias que os alunos consideram “chatas", de uma forma mais atrativa, como por exemplo, fazer gincanas didáticas, feiras, etc( Detalhamento). Com o intuito de gerar um interesse no aluno e quebrar aquela ideia monótona sobre o aprendizado.(Finalidade)( Conclusão incompleta! Faltou o meio da proposta!)

Sua redação precisa de melhora. Estude argumentação, apresentação de tema, tese, repertório, arrematação de tese, vírgula e proposta de intervenção.
No mais eh só!
Avatar do usuário
Por GlendaMorais
#47644
680! Espero ter ajudado!

De forma geral, encontrei apenas um erro ortogr&aa[…]

A saúde mental dos brasileiros é ala[…]

De forma geral, argumentação excele[…]

Gabi02 Poderia dar uma olhada em minha reda&[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM