Avatar do usuário
Por minth
Quantidade de postagens
#124470
No livro "Punir os pobres", de Loic Wacquant, expõem-se métodos de marginalização e exclusão dos menos favorecidos no contexto estadunidense, objetivando a eliminação de tal grupo social. Paralelamente, no Brasil, ocorre uma situação similar a essa, visto que a incidência da estrutura hostil e da exclusão de pessoas em situação de rua tem se agravado cada vez mais nos últimos anos. Nesse âmbito, entre os fatores relacionados a essa problemática, destacam-se a cultura de limpeza social e o desprezo aos moradores de rua.

Em princípio, é importante salientar a política de higienização popular em razão da estrutura hostil. Nessa perspectiva, devido às históricas influências europeias neste, o Brasil sempre buscou o ideal de “sociedade perfeita”, rejeitando os grupos sociais menos favorecidos. Por causa disso, é possível analisar o processo de “europeização” do Rio de Janeiro, nas primeiras décadas do século XX, no qual a população pobre foi excluída do centro urbano carioca, revelando o histórico de limpeza social do país, o qual se intensificou ao longo do tempo. Logo, a cultura de limpeza social provoca a ocorrência de estrutura hostil no Brasil.

Outrossim, em uma análise mais aprofundada, vale ressaltar a repúdia aos sem-teto em vista de sua exclusão. Dessa forma, com base no caráter conservador brasileiro, há a maior discriminação aos grupos sociais em situação de miséria, tornando-os socialmente invisíveis. Sob esse aspecto, é possível analisar o relato dado por uma pessoa em condição de rua para o jornal A Gazeta, em 2022, em que, apesar de pedir por ajuda financeira diariamente para os transeuntes, estes nem mesmo fazem contato visual com o morador de rua. Desse modo, o desprezo aos sem-teto causa a sua exclusão na sociedade brasileira.

Evidencia-se, portanto, a continuidade da estrutura hostil e da exclusão de pessoas em situação de rua no Brasil, sendo necessárias medidas de intervenção. Para esse fim, cabe ao Governo Federal, órgão responsável por garantir os direitos civis, fiscalizar o cumprimento da Lei 14.489/2022, por meio de punições severas aos seus burladores, a fim de que políticas contra o direito à liberdade dos sem-teto sejam drasticamente mitigadas no país. Além disso, compete às organizações humanitárias criar projetos de conscientização popular sobre a situação dos grupos sociais em extrema pobreza. Quem sabe, assim, o fim da estrutura hostil e a exclusão dos moradores de rua deixem de ser utopia ao Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
399 Exibições
por thechain
0 Respostas 
328 Exibições
por isadbertoli
0 Respostas 
179 Exibições
por Allexiaben
0 Respostas 
125 Exibições
por judaco
0 Respostas 
4782 Exibições
por Rosemarigold
0 Respostas 
104 Exibições
por Nessy
1 Respostas 
79 Exibições
por EduardoKayk
0 Respostas 
142 Exibições
por Maluuuszz
0 Respostas 
99 Exibições
por leosperandix
0 Respostas 
87 Exibições
por IsabelPaiva3
Férias

Boa tarde, pessoal. Vou tirar férias da pla[…]

Do campo a cidade

As inovações ocorridas no meio agr&i[…]

Felipe082 , valeuzão pela correç&at[…]

Caiunao , valeuzão!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM