Avatar do usuário
Por Jero
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#109153
A relação entre a falta de educação alimentar do consumidor e a indústria alimentícia é polêmica, trazendo em si uma série de questões problemáticas, com várias discussões sobre a responsabilidade desses atores na ausência de educação alimentar. O artigo 6 do código de defesa do consumidor traz como direito básico do consumidor a educação e divulgação sobre o consumo adequado de produtos e serviços, sendo assim, quando o Estado não oferece algum tipo de orientação nesse sentido, está faltando também à sua responsabilidade.

Em primeira análise, cabe destacar que as empresas ao vincularem propagandas com o intuito de vender seus produtos não cometem nenhum delito, porém, o fato de terem a seu dispor tecnologias e profissionais qualificados traz determinada responsabilidade com o consumidor. Dessa forma, o fabricante deve manter o consumidor ciente dos ingredientes usados no produto, tal como determinou a Anvisa em 2020, com uma resolução que determina as marcas a indicarem no rótulo se houver presença acima da média de produtos como o açúcar.

Em segunda análise, também é necessário que o Estado exerça um papel fiscalizador da indústria e de enventuais produtos que sejam nocivos à saúde da população com o objetivo de evitar, principalmente, doenças e por consequência, aumento dos gastos para tratamento dessas doenças. Por exemplo, de acordo com o IGBE, em 2019 7 em cada 10 fumantes dependiam do SUS para fazer tratamento, evidenciando a necessidade de meios para reduzir e desestimular o consumo desses produtos.

Assim sendo, a indústria alimentícia, consumidores e Estado tem responsabilidade na falta de educação alimentar. Faz-se necessário que hajam campanhas educativas, por meio das secretarias estaduais de educação, que consientizem a população sobre uma boa alimentação e a estarem atentos a excessos. Além disso, é mister que as agências reguladoras atuem no âmbito das indústrias para coibir excessos.


Ps1: corrigir no modelo EsPCEx
Ps2: Na folha de redação deu 29 linhas
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
(EsPCEX) Reintegração social do preso no Brasil
por Jero    - In: Outros temas
0 Respostas 
249 Exibições
por Jero
0 Respostas 
46 Exibições
por Maryonthe
0 Respostas 
78 Exibições
por Micharia
0 Respostas 
132 Exibições
por ThiagoVent
0 Respostas 
196 Exibições
por Lindayasmin
0 Respostas 
175 Exibições
por Luisa255
1 Respostas 
124 Exibições
por Leite
0 Respostas 
1897 Exibições
por danielamttr
0 Respostas 
251 Exibições
por juliex
0 Respostas 
160 Exibições
por Fuuu

"O saber fornece meios para alterar o pan[…]

JoaoPedro72 Wesley529 Ana20rosa isas522 […]

A declaração Universal dos direitos […]

O Artigo 5°. da Constituição fed[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM