Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por ResidentEvil
#40764
A partir do período de colonização europeia, se tem a exploração de escravos para beneficiar o crescimento econômico das nações colonizadoras. Neste tempo, há atitudes desumanas entres os não considerados brancos no âmbito do trabalho forçado e de assistências essenciais como a saúde. No entanto, a escravidão não foi totalmente extinta em algumas regiões pouco desenvolvidas e sem fiscalização trabalhista, onde os donos de fazendas exploram pessoas sem escolaridade a trabalharem em condições forçadas e desagradáveis com baixo salário, assim ficando nítida a escravidão moderna.

Esta conduta de empresários sem ética trabalhista acontece por causa do poder em escolher quem quiser pela alta concorrência de empregos, já que os carentes aceitam qualquer tipo de trabalho para ganhar dinheiro e sobreviver, e como não há fiscalização ao patrão, ele seleciona o funcionário que se sujeita a aceitar os interesses do dono visando o lucro empresarial o maior possível. Entretanto, quem sofre com isso é o funcionário submisso, caso não haja o interesse em entender os direitos trabalhistas.

O governo é um dos responsáveis por facilitar a escravidão contemporânea, pois a falta de fiscalização em empresas desconhecidas, o empresário aproveita a oportunidade para explorar desumanamente o funcionário sem escolaridade, que não tem a consciência dos direitos trabalhistas. O estado deveria desenvolver as regiões pouco desenvolvida com empregos, educação e fiscalização para que não haja a exploração desleal.

Em virtude dos aspectos mencionados, a escravidão moderna ainda existe, assim havendo a exploração desumana. Desse modo, cabe ao estado se importar com os submissos de empresários mal caráter, nisso tendo investimentos na educação e em empresas estatais e privadas, com objetivo em ter empregos confiáveis a todos. Perante a isso, há salários melhores, consciência dos direitos e inclusão social.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Privatização do SUS

O filósofo francês Sartre defende que[…]

Segundo dados do Ministério da Saúde[…]

Taissa19 , claroo :D De acordo com o Artigo 1&[…]

Estética e Saúde

A busca pelo corpo perfeito é um ideal que […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM