Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por ThayOliveira
#42830
Em meados do século XX, o escritor austríaco Stefan Zweig, mudou-se para o Brasil devido à perseguição nazista na Europa. Bem recebido e impressionado com o potencial da nova casa, Zweig escreveu um livro ufanista cujo título é até hoje repetido: “Brasil, país do futuro”. Entretanto, quando se observa a presente questão da água em escassez, percebe-se que a realidade contemporânea é o oposto da profecia. Dessa maneira, a problemática se desenvolve não só devido ao baixo desempenho dos setores governamentais, mas também a aumento do consumo de água. Diante disso, torna-se fundamental a discussão desses aspectos, a fim do pleno funcionamento da sociedade.

Primeiramente, é imprescindível pontuar que, pela Constituição Federal de 1988, cabe aos governos estaduais a missão de gerir e administrar a captação e distribuição de água, embora o governo federal também precise atuar por intermédio do fornecimento de verbas públicas e obras interestaduais. Nesse sentido, alguns governos, por questões administrativas ou até políticas, podem apresentar algumas falhas, principalmente no que se refere ao planejamento no manejo dos recursos hídricos. Desse modo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal de forma urgente.

Além disso, é contundente ressaltar que, o aumento do consumo de água também pode ser apontado como promotor do problema. De acordo com a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), o uso da água deverá crescer 24% até 2030, superando a marca de 2,5 milhões de litros por segundo. Partindo desse pressuposto, percebe-se que o crescimento populacional, industrial e da agricultura é o principal fator na demanda crescente por recursos hídricos.

Portanto, medidas exequíveis são necessárias para conter o avanço da problemática na sociedade brasileira. Para tanto, necessita-se, urgentemente, que o Tribunal de Contas da União direcione capital que, por intermédio do Ministério do Meio Ambiente, será revertido em pesquisa, projetos e campanhas sociais através da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico e dos veículos de comunicação, com o objetivo de amenizar e conscientizar, em médio a longo prazo, o impacto nocivo da escassez da água. Assim espera-se que a profecia de Zweig seja solidificada no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

MAUROJUNIOR , Ashiley , Ashilley , poderia co[…]

Carlos drummond de Andrade,em seu poema "no m[…]

FujiEmily , obrigadaa! Força para nó[…]

Segundo jean-paul Sartre "A violência, […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM